Rio Branco, Acre, 30 de novembro de 2020

Preço abusivo do milheiro de tijolo vira inquérito civil no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Com informações do AC24horas.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A promotora de justiça do Ministério do Público do Acre (MPAC), Alessandra Garcia Marques, converteu em Inquérito Civil a investigação que apura o aumento abusivo no preço do milheiro de tijolo em Rio Branco. decisão foi publicada nesta terça-feira, 27, no Diário Oficial do MPAC.

A promotora ressaltou que o resultado da fiscalização feita junto às empresas está em análise no Núcleo de Apoio Técnico do Ministério Público (NAT).

Segundo a promotora, chegou ao conhecimento do MPAC de que houve elevação abusiva e sem qualquer justificativa no preço do milheiro de tijolo comercializado que saltou de R$ 450,00 para R$ 700,00 podendo chegar até R$ 800,00, dentre os meses de maio e julho de 2020.

Por fim, ela determinou que seja juntada ao inquérito toda a análise assim que estiver finalizada e reenvie a ela para deliberação sobre o caso.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.