Rio Branco, Acre, 24 de janeiro de 2021

Discurso de abertura na língua hatxa kuin emociona os participantes do II Seminário GrAELL

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Discurso de abertura na língua hatxa kuin emociona os participantes do II Seminário GrAELL: língua(gens), embates e resistências na contemporaneidade – Ufac

Desde quarta-feira (25), o Grupo Acreano de Estudo Linguísticos e Literários está promovendo o II Seminário GrAELL: língua(gens), embates e resistências na contemporaneidade. O evento é fruto de um projeto de extensão coordenado pela Prof.ª Dr.ª Simone Cordeiro (Ufac – CEL).

Mais de 600 pessoas estão acompanhando o evento on-line que chamou atenção do público por ter o discurso de abertura na língua hatxa kuin, do povo indígena hunikuin. Os oradores são: Hulício Moises Kaxinawa e Isabel Nonato Kaxinawa, discentes do Curso de Licenciatura Indígena da Ufac, Câmpus de Cruzeiro do Sul. Eles residem em Santa Rosa do Purus, comunidade Nova Liberdade, Terra indígena Alto Rio Purus.

Prof.ª Dr.ª Simone Cordeiro (Ufac – CEL).

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.