Rio Branco, Acre, 22 de janeiro de 2021

Segunda onda: Acre está entre estados do Brasil que puxam o aumento de casos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Um estudo divulgado na última semana pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) mostra que o Acre é um dos Estados do Brasil em que a covid-19 avança com mais força na 2º onda do vírus no Brasil.

Além do Acre, os 14 estados com tendência moderada ou forte de alta de casos são: Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

O número de pacientes internados com doenças respiratórias graves cresce em regiões de 15 estados brasileiros, incluindo 10 capitais.

Os dados foram coletados de 8 a 14 de novembro.

A Fiocruz divide o espalhamento da doença em alguns níveis: curto prazo, longo prazo, moderada e forte. Uma tendência forte de longo prazo significa que houve aumento em seis semanas anteriores e a probabilidade de a situação continuar assim passa de 95%. É o caso do Acre e de Santa Catarina praticamente inteiros, além da região do Jequitinhonha em Minas Gerais e do oeste do Rio Grande do Norte, entre outros.

As dez capitais com tendência de alta são: Belo Horizonte, Florianópolis, Goiânia, João Pessoa, Natal, Palmas, Rio Branco, São Luís, Vitória e região central do Distrito Federal.

*Com informações do Contilnet.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.