Rio Branco, Acre, 27 de janeiro de 2021

Último dia para baixar o e-Título: veja como instalar e justificar seu voto

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O segundo turno das eleições municipais 2020 se aproxima e o eleitor tem até as 23h59 deste sábado para baixar o aplicativo e-Título afim de consultar o local de votação ou realizar a justificativa em caso de ausência. Isso acontece porque o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu fazer uma mudança importante no funcionamento da ferramenta, para evitar instabilidades no sistema como visto na primeira etapa da votação

A versão digital do documento eleitoral pode ser utilizada no dia da votação, mas apenas pelos eleitores que já fizeram o recadastramento biométrico e possuem foto no aplicativo, além da instalação do app até o horário estabelecido pelo TSE. Entre as funcionalidades disponíveis, é possível consultar a zona eleitoral e justificar ausência nas urnas caso esteja fora do domicílio eleitoral, identificado através do sistema de geolocalização.

Como baixar o aplicativo e-Título:

Busque o aplicativo na PlayStore (smartphone Android) e na AppleStore (IOS) no celular ou no tablet;

Baixe o aplicativo gratuitamente;

Preencha as seguintes informações: nome completo, data de nascimento, tipo de documento (CPF ou título de eleitor), nome da mãe (se constar) e nome do pai (se constar);

Responda ao questionário pessoal;

Crie senha de seis dígitos;

O e-Título está criado;

O eleitor que já fez o recadastramento biométrico terá foto no aplicativo e, por isso, poderá usá-lo como documento oficial no dia da votação.

A decisão de limitar o uso no próximo domingo vem após milhões de eleitores relatarem instabilidades no acesso ao sistema no dia 15 de novembro, primeiro turno das eleições. No dia, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que os problemas ocorreram porque muitas pessoas deixaram para baixar o aplicativo no domingo da eleição.

— O que aconteceu com o aplicativo é que ele está ali há muito tempo, mas as pessoas deixaram para baixá-lo no último dia e na última hora. Com muitos milhões de acessos simultâneos, ele apresentou algum nível de instabilidade. Mas ele está funcionando adequadamente. É só insistir um pouquinho — disse Barroso no primeiro turno.De acordo com o TSE, no segundo turno, só quem já tiver baixado o aplicativo até sábado vai conseguir acessar as funcionalidades no domingo. Na segunda-feira, o uso do e-Título voltará ao normal.

Como justificar o voto sem o e-Título?

Caso o eleitor não consiga utilizar o aplicativo, quem precisa justificar deve recorrer a métodos alternativos. O TSE indica que o eleitor deve preencher o formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE).

Neste caso, o eleitor consegue acessar o RJE gratuitamente na página do TSE, nas unidades de atendimento da Justiça Eleitoral (cartórios eleitorais, postos e centrais de atendimento ao eleitor), nas páginas da Justiça Eleitoral na internet e, neste domingo, nos locais de votação ou de justificativa, e em outros locais previamente autorizados. Veja como fazer a justificativa através do RJE:

Acessar https://justifica.tse.jus.br/ para iniciar o procedimento. Ao abrir a tela, clicar no retângulo “iniciar requerimento de justificativa”;

Na tela seguinte, informar os dados solicitados pelo TSE: número do título de eleitor, nome completo e data de nascimento. Clicar na opção “não sou robô” e avançar;

Depois, continuar informando os dados solicitados pelo Tribunal para completar a solicitação de justificativa da ausência na votação. Importante selecionar que a justificativa é referente ao pleito de Eleições Municipais 2020 – 2º turno;

Após, é preciso justificar o motivo da ausência na votação. Além da parte escrita, será solicitado algum documento que comprove o motivo da ausência, como atestado médico, bilhetes de viagem e outros comprovantes do tipo;

O último passo é fazer o download do comprovante gerado pelo sistema do Tribunal.

Na impossibilidade de comparecer às urnas no dia do pleito, o eleitor pode ainda, em até 60 (sessenta) dias após o segundo turno da votação, apresentar a justificativa pelo e-Título, pelo Sistema Justifica na internet ou entregar o Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição) em qualquer zona eleitoral, ou enviá-lo pela via postal ao juiz da zona eleitoral na qual for inscrito, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito.

O Globo.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.