Rio Branco, Acre, 2 de março de 2021

O que faz Gênesis explodir na audiência e ameaçar a Globo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Gênesis estreou com pé direito na RecordTV na última quarta-feira (20/1) e ficou na vice-liderança em 10 capitais brasileiras, com dois dígitos de audiência. O folhetim é o maior investimento de dramaturgia dos últimos anos da Record.

Em São Paulo, por exemplo, o episódio que narrou a queda de Lúcifer teve média de 15,7 pontos e pico de 17 contra 27,2 da Globo. O SBT marcou 6,5 pontos e ficou no terceiro lugar. Mas o que será que os especialistas dizem sobre a produção?

Segundo Jorge Luiz Brasil Ninho, jornalista e redator-chefe da revista Minha Novela, da Editora Escala, a novela tem tudo para manter o sucesso. “Única novela inédita no ar, Gênesis atropelou o SBT, abocanhando fortemente a segunda colocação na audiência do horário, mesmo levando até os espectadores capítulos extremamente arrastados e uma produção que passou de longe de ser super”, disse.

“Cenários berrantes, efeitos precários e bonecos mal articulados remetiam a desfiles de escola de samba do Grupo de Acesso B. Sim e existem números musicais no enredo… Mas é possível que essa apelação para o exagero tenha cativado o público”, afirmou Jorge.

O especialista pondera que a novela pode estar alcançando este números apenas pela falta de produções inéditas na TV. “Já ficou claro que Gênesis será uma tremenda dor de cabeça para o SBT. Para a TV Globo ainda não é uma ameaça porque a reprise de A Força do Querer caminha para sua reta final, que é a melhor e mais eletrizante de toda a trama de Glória Perez. De qualquer forma não dá para subestimar o apego do público à trama da RecordTV, que pode crescer à medida que a novela caminha para cenários menos exagerados”, disse Jorge.

BBB x Gênesis

Já para Cristina Padiglione, do Telepadi, Gênesis deve continuar crescendo, mas dará trabalho apenas para A Força do Querer e não para o BBB. “A novela tem uma linguagem muito direta, muito mastigada, pronta para o consumo, sem forçar o público a pensar muito. É papo reto e de acordo com o que pensa o público conservador cristão que confia na Record. Além disso, é escapista, pois leva o público para longe da contemporaneidade da Covid-19 e afins, é um conforto para muitos”, afirmou a jornalista.

“A julgar pela boa audiência dos dois primeiros capítulos, Gênesis já alcançou o público de modo relevante. Ela tira uma parcela da Globo e do SBT? Certamente tira. Não a ponto de ameaçar a liderança da Globo, mas tira uma fatia de audiência de lá, afetando o Jornal Nacional e a novela das 21h. Ainda mais porque a novela não é inédita. Quando a história voltar a ser inédita, lá para março, há grande chance de já haver um público muito sintonizado na Record, sem disposição para abandonar a arca, digo, o barco”, brincou Cristina.

Confira a média de Gênesis em todas as capitais com medição de audiência:

Painel Nacional de Televisão – 15 pontos contra 25 da Globo e 5,7 do SBT

São Paulo – 15,7 pontos contra 27,2 da Globo e 6,5 do SBT
Rio de Janeiro – 15 pontos contra 26,6 da Globo e 5,3 do SBT
Belo Horizonte – 13,5 pontos contra 22,1 da Globo e 5,5 do SBT
Distrito Federal – 13,4 pontos contra 23 da Globo e 4,6 do SBT
Belém – 18,1 pontos contra 28,7 da Globo e 6,4 do SBT
Salvador – 18,0 pontos contra 23 da Globo e 2,9 do SBT
Porto Alegre – 10,9 pontos contra 24,8 da Globo e 5,4 do SBT
Vitória – 16,1 pontos contra 22,4 da Globo e 8,1 do SBT
Goiânia – 20,1 pontos contra 20,3 da Globo e 9,3 do SBT
Recife – 14,8 pontos contra 31 da Globo e 2,8 do SBT
Manaus – 14,8 pontos contra 32,8 da Globo e 2,6 do SBT

Metrópoles

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.