Rio Branco, Acre, 14 de maio de 2021

Avó de trigêmeos que perderam a mãe morre uma semana após as filhas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma família com trigêmeos sofreu outro baque, uma semana após a mãe deles morrer. Valentina Peris de Faria, de 66 anos, avó das três crianças, também morreu vítima da covid-19. Ela era moradora de Parisi (SP) e foi a terceira pessoa da mesma família que não resistiu ao vírus, já que outra filha dela também havia morrido nove dias atrás.

O pai dos trigêmeos, hoje com cinco anos, morreu em um acidente de carro no fim do ano passado.

A avó dos trigêmeos estava internada na Santa Casa de Votuporanga (SP) desde o início do mês, quando foi diagnosticada com o coronavírus. Ela e suas duas filhas, Ana Paula Faria, de 36 anos, e Karina Angélica Faria, de 33, haviam sido contaminadas, juntamente com outros membros da família.

Dona Valentina teve uma rápida piora em seu quadro de saúde e precisou ser intubada em um leito de UTI-covid e nem sequer soube da morte de uma de suas filhas, Karina, ocorrida no sábado (13). Neste ponto, as três já estavam sedadas e lutando pela vida numa Unidade de Terapia Intensiva.

Quando Ana Paula morreu, na segunda-feira (15), dona Valentina parecia que conseguiria reagir. “Os rins voltaram a funcionar e tudo indica que a saturação dela tem se mantido estável. Se não tiver nenhuma intercorrência, até segunda-feira já vai começar a diminuir a sedação e a ventilação”, explicou à época Leia Cristina, amiga da família, que acompanhou o caso de perto.

Mas não foi o que aconteceu. À reportagem, Leia explicou que dona Valentina piorou. “O quadro dela se agravou rapidamente no decorrer da semana”, contou ela.

Leia, no entanto, dá uma boa notícia em meio à tragédia familiar. “O Lucas, filho mais velho da Ana Paula melhorou, ele já está em casa”, revela. Além de Ana Paula, Karina e dona Valentina, Lucas, irmão mais velho dos trigêmeos de 5 anos, também foi internado pela covid-19, e foi o único que conseguiu superá-la na família.

Nas redes sociais, a família lamentou a perda. “E perdemos mais uma. Te amarei eternamente! Obrigado por todos os conselhos, pelas orações e pelos abraços apertados”, escreveu um sobrinho da vítima.

Tragédia em família

A morte de dona Valentina é mais uma página na tragédia familiar que se abateu à família nos últimos tempos. Ana Paula se tornou uma espécie de celebridade em 2016 ao participar do programa de Ana Hickmann, na Record, para mostrar os trigêmeos recém-nascidos. Agora, a pequena cidade do interior de São Paulo lamenta a sequência de mortes.

Em setembro, a mulher perdeu o marido, Renato Santos, em um acidente automobilístico. A última postagem de Ana Paula em seu perfil no Facebook, foi justamente para lembrar-se do marido.

“5 meses sem você, a saudade aperta, o peito dói, as lágrimas rolam e não tem nada que se possa fazer. Nada, nada, nada preenche esse vazio que você me deixou e eu estou aqui procurando uma forma pra seguir em frente. Você me deixou três motivos para isso”, escreveu ela.

Fonte: UOL.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.