Rio Branco, Acre, 23 de abril de 2021

Morre paciente que seria transferido do Acre para Manaus em decorrência da Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O acreano Rodolfo Nascimento, morreu nesta segunda-feira (22), no Pronto Socorro de Rio Branco. Ele estava entre os pacientes que seriam transferidos para Manaus na última sexta-feira (20) por causa do colapso que se encontra o sistema de saúde no Acre, mas como seu quadro era delicado, ele não pôde ser transferido.

Rodolfo tinha 33 anos e estava com um estado de saúde considerado grave e no domingo (21) chegou a apresentar uma melhora, mas na tarde desta segunda teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. O seu falecimento foi confirmado por sua mãe, Maria Auxiliadora, a Dora como é mais conhecida pelo seu trabalho na Diocese de Rio Branco.

“Comunico a todos a partida do meu filho Rodolfo. Confiemos em Cristo. Ele é a nossa esperança”, diz postagem em seu Facebook.

Rodolfo era psicólogo, casado e estava internado desde o dia 11 de março, quando deu entrada no Instituto de Traumatologia do Acre (Into) com 70% do pulmão comprometido e depois foi transferido para o Pronto Socorro. Sua esposa também foi acometida, mas se recuperou em casa junto com a sua mãe, Auxiliadora, e sua irmã, sem necessidade de internação.

O pai de Nascimento está internado em Rio Branco, também devido a complicações da covid-19.

O psicólogo é o segundo paciente transferido de Rio Branco que não resite e morre, a primeira foi Sâmia de Fátima Almeida, de 43 anos, que foi transferida com covid-19 de Rio Branco para Cruzeiro do Sul e morreu poucas horas depois.

Com informações do Contilnet.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.