Rio Branco, Acre, 13 de maio de 2021

Trabalhador chora ao ter motocicleta guinchada no meio do serviço por multa de R$ 300

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O entregador Welinton Ribeiro gravou um vídeo aos prantos na noite desse sábado, 27, após ter sua motocicleta guinchada e levada por funcionários do Departamento Estadual de Trânsito no Acre (Detran-AC). Ele estava no meio do serviço, por volta das 23 horas, nas proximidades do Novo Mercado Velho, região central de Rio Branco, quando foi parado pelo órgão.

No vídeo, o homem chora e reclama que não conseguiu pagar duas multas no valor de R$ 300 por falta de dinheiro, mas que estava na rua desde às 11 horas da manhã tentando levar o sustento para a família. “Sou um trabalhador. Não sou bandido. Minha moto está com os dois documentos pagos, mas não aparece no sistema. Não paguei porque não tem mais auxílio emergencial e tamo aqui na luta pra levar o sustento ora dentro de casa”, disse.

Ele seguiu o relato dizendo ser revoltante a situação. “Eu tenho uma criança de um ano em casa, tenho energia pra pagar, moro de aluguel. Eu tenho que andar em dia com o Estado, mas o Estado tá me oferecendo o que em troca?”, lamentou.

O encerra com o entregador mostrando a motocicleta sendo levada no guincho. Morador de cerca de 15 quilômetros de distância, Welinton não tinha como se dirigir para casa após ter a moto apreendida. “Moro longe na BR. Como vou pra casa agora? Nem apoio pra me levar em casa eu não tenho. E agora, eu vou dormir na rua”, lamentou.

Com informações Ac24horas

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.