Rio Branco, Acre, 22 de abril de 2021

MP deve se reunir com prefeitos e cobrar explicações sobre baixa vacinação no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Assessoria MPAC.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O Ministério Público do Estado do Acre (MP-AC) deverá se reunir nesta segunda-feira (5) com os representantes dos 22 munícipios do Acre. O objetivo é cobrar explicações sobre os baixos índices de vacinação no Estado.

A informação foi divulgada pelo assessor do governo, jornalista Altino Machado. Segundo dados nacionais, o Acre é o estado do país que menos vacinou até agora, somente 5,56% da população já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e apenas 1,39% já foram imunizados com a segunda dose.

Até o momento, o Acre recebeu do governo federal 163.540 doses de vacina, porém, foram usadas 62.125 doses, o que representa o uso de apenas 37,99% dos imunizantes recebidos.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) no Acre, Renata Quiles, frisou que um dos motivos da morosidade na vacinação, tem haver com a lentidão na digitação das informações pelas Coordenações Municipais de cada região.

“Existe uma fragilidade na digitação de toda a produção das ações de vacinação, e que por vezes as coordenações têm feito mutirões de digitação em expedientes noturnos e finais de semana, sendo ainda deficientes para demonstrar a realidade das ações, muitos informam que não ficam com estoque de vacinas e que a deficiência está na digitação”, disse.

Quiles sugeriu como solução, que secretários providencie o fortalecimento das equipes de vacinação bem como as equipes de apoio (registro e digitação), fazendo com que os dados possam ser atualizados mais rápidos e com isso, o Acre possa avançar nos índices de Imunização nacional.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.