Rio Branco, Acre, 15 de maio de 2021

No AC, mãe desempregada pede ajuda para exame de R$ 8 mil em filho de 3 anos

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A senamadureirense Joiscianne Rocha, de 39 anos, procurou a reportagem do ContilNet nesta terça-feira (20) para pedir ajudar no tratamento do filho, o pequeno Luís Gabriel Rocha, de apenas 3 anos.

O garoto sofre com problemas de saúde desde muito pequeno. Ao sair da maternidade, já foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e depois para o Hospital da Criança, onde ficou internado por um tempo. Gabriel nasceu com os dois pés tortos.

Aos 4 meses, ele foi submetido à uma cirurgia de correção, mas a mãe conta que depois disso ela percebeu uma fraqueza muscular na criança, que lhe impedia de sentar e fazer outros movimentos.

“Não era normal. Com 9 meses ela não conseguia sentar e se locomover direito”, disse a genitora.

A partir desse período, Joiscianne passou a levá-lo com mais frequência no ortopedista, que pediu um encaminhamento para a neuropediatra. Mesmo com a realização de exames indicados pela especialista, o problema de Luís não foi identificado.

O bebê só começou a andar a partir de 1 ano e 9 meses. A fala demorou a se desenvolver.

“É triste ver o meu filho nessa situação”, continuou.

A mãe de Gabriel está desempregada e diz que depende do Bolsa Família e de pessoas que lhe ajudam para realizar o tratamento do filho.

Para identificar o problema do pequeno e iniciar o tratamento, ele precisa se submeter ao exame de exoma (mapeamento genético), indicado pelo terceiro profissional, que custa R$ 8.600.

Para arrecadar o dinheiro, a genitora organizou duas rifas. Uma custa R$ 5 reais, que é do sorteio de duas caixas de sabonete, um ventilador e um liquidificado. Ela também recebeu de doação um terreno, que faz parte da segunda rifa, custando R$ 20.

Interessados em ajudar o Gabriel podem entrar em contato pelo WhatsAppp, no número (68) 99964-6701, ou por ligação, pelo (68) 99980-8463.

  • Por Everton Damasceno, do Contilnet.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.