Rio Branco, Acre, 20 de junho de 2021

Justiça concede a engenheiro, suspeito de estupro, direito de responder acusação em liberdade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O engenheiro civil A. A. S. M., de 24 anos, que foi preso pela Polícia Civil e encaminhado ao presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, sob acusação de ter estuprado sua namorada, Gabriela do Nascimento Souza, 22 anos, na última quarta-feira (19), foi solto e deverá responder processo em liberdade.

A informação foi divulgada pelo advogado do engenheiro, Vitor Damasceno, na manhã deste sábado (22), que destacou acreditar na inocência do seu cliente. “Tenho certeza da inocência de meu cliente. Tanto que ele obteve o direito de responder em liberdade, porque embora a mídia e a delegacia apresentem somente a versão dela pra justiça, em juízo eu demonstrei a verdade”, disse.

Damasceno, no entanto, frisou que o processo ainda está longe de terminar, e como é segredo de justiça, o resultado certamente não será divulgado. “As medidas judiciais necessárias à preservação da integridade física dela foram deferidas pelo juiz, e certamente serão cumpridas.

“Não queremos vingança, não trazemos ódio, apenas queremos paridade e direito de liberdade previsto em nossa Constituição. Um dia a verdade fluirá. Que Deus abençoe e retire o ódio do coração de todos aqueles que acusam sem saber o que de fato houve”, explicou.

Com informações Ac24horas

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.