Rio Branco, Acre, 17 de junho de 2021

Mirando 2022, Bolsonaro e Guedes preparam Bolsa Família de R$ 250

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por iG Último Segundo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Em entrevista a Folha de São Paulo, o ministro da Economia, Paulo Guedes , prometeu “ir ao ataque “antes das eleições. A sua estratégia engloba a manutenção do auxílio emergencial e uma possível ampliação do Bolsa Família . Para financiar os benefícios, Guedes planeja vender as estatais controladas pela União.

A fim de evitar de antemão as pressões ocasionadas com o fim do auxílio em julho, a equipe econômica já planeja acelerar a reformulação do Bolsa Família, já elogiado publicamente por Guedes.

O plano, em conjunto com o Ministério da Cidadania, envolve duas etapas. A primeira sendo uma Medida Provisória com elevação no valor dos benefícios, ampliação do público e criação de bônus para desempenho escolar e esportivo. A ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, adiantounesta segunda-feira (24) que propostas de mudanças no Bolsa Família devem ser apresentadas nos próximos meses .

A ideia, por ora, é ampliar o orçamento do programa, subindo de R$ 190 por mês para R$ 250 e que a cobertura fique próxima de 17 milhões ou 18 milhões de famílias. Atualmente, 14,6 milhões de famílias recebem a transferência de renda.

O critério para recebimento também mudaria. Atualmente, são cadastrados no CadÚnico aqueles que na faixa da pobreza, ou seja, tem rendimentos entre R$ 89,01 e R$ 178 por mês. A proposta do governo é aumentar o limite para R$ 201.

A segunda etapa da reformulação prevê a fusão de programas sociais existentes hoje. A ideia abarca ainda a possibilidade de utilizar os recursos obtidos com as estatais para financiar o povo “lá na ponta”.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.