Rio Branco, Acre, 19 de junho de 2021

Pescadores pegam dois peixes de quase 50 quilos e 1,50 metro cada em rio no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Os amigos pescadores Mailton Moura e Joel Pinheiro não costumam voltar de mãos vazias da pescaria. Na tarde dessa quarta-feira (26), Moura e Pinheiro pegaram dois peixes da espécie jaú pesando quase 50 quilos e 1,50 metro cada no Rio Acre, em Rio Branco.

A pescaria ocorreu embaixo dos pilares da Ponte Juscelino Kubitschek, conhecida como Ponte Metálica, no Centro da capital acreana. Os pescadores conseguiram ainda pegar um terceiro jaú, mas esse era menor do que os outros.

Os amigos gravaram dois vídeos para mostrar o tamanho dos peixes. Em um dos vídeos, Pinheiro segura um dos pescados e quase não consegue aguentar o peso.

Mailton Moura pescou jaú de quase 50 quilos no Rio Acre, em Rio Branco — Foto: Reprodução

“Oi, galera, olha o peixão que a gente pegou hoje. Que dia é hoje, Mailton? Hoje é quarta né? Só que aqui no Rio Acre, para quem fala que não tem peixe, tem peixe e muito, é só ter paciência que pega”, comemora Joel Pinheiro.

Mailton Moura trabalha como pintor e pescador. Já Joel Brilhante é só pescador. A dupla está sempre junta nas pescarias no Rio Acre. Moura, inclusive, tem fama de sempre pegar peixe grande durante as aventuras.

“Não é história de pescador. Quase todo dia pescamos por ali [embaixo da Ponte Metálica], pegamos três peixes quase daquele tamanho. Hoje [quinta, 27] pegamos outros três, mas menores de 7 quilos, outro de 12 e outro de 16 quilos. Ano passado pegamos uns maiores de 70 e 64 quilos. Sempre pegamos”, relembrou.

Moura falou que os peixes foram pesados e medidos para ir à venda. Com um deles, Moura conseguiu lucrar R$ 330, no peixe menor de aproximadamente 22 quilos, e R$ 390 e R$ 620 nos maiores.

“Pegamos na linha, na mão mesmo, puxando. Como pegamos no meio dos balseiros, a gente mergulha com o anzol na mão e fisga ele lá embaixo e puxa. O Joel tem quase 1,60 metro e o peixe era maior que ele”, concluiu.

Com informações do G1 Acre.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.