Rio Branco, Acre, 20 de junho de 2021

“Se você dar amor, vai receber amor. É inevitável”, disse casal cruzeirense que adotou criança indígena, e comemora o dia nacional da adoção

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Com reportagens de Renata Sá, do Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Nesta terça-feira (25), se comemora o dia nacional da adoção, sendo implantado em nosso país por uma lei decretada em 2002. A adoção é o ato de aceitar uma criança ou adolescente em sua família, transformando-o em seu filho. A adoção cumpre propósitos de garantir o direito ao afeto de uma família a todas as crianças e jovens. E a equipe do O Juruá em Tempo, conversou com a Caissa Mireia e o Enoque Enes, o casal adotou uma criança indígena da tribo Marubo.

Sempre esteve nos planos de Caissa e Enoque o sonho da adoção, porém não era pensado para o agora, somente após a vinda dos filhos biológicos, foi então que tudo mudou, quando conheceram a filha, “quando vimos ela o coração falou mais alto, eu sempre tive a iniciativa de falar sobre isso, mas a ideia de adotar ela foi dele. Nos apaixonamos igual, mas a iniciativa veio dele”, disse Caissa.

Caissa disse que no início foi mais difícil para ela do que para seu esposo, por tanto a criança como o marido falarem a língua Marubo e ela não, “ela só queria estar com Enoque por só ele falar com ela. Mas uma semana depois a gente já se entendia. Eu aprimorei o marubo e ela já entendia muita coisa do português também, foi muito automático. Hoje ela é um grude só com a gente, se saímos por um instante, quando voltamos ela abraça forte e diz que estava com muita saudade”.

A mãe contou os desafios que passaram para adotarem e destacou que com amor irão superar esses obstáculos.

“Hoje ela está completamente à vontade. No começo ela era muito arredia e desconfiada, mas me diz o que é que o amor não supera? Se você dar amor, vai receber amor. É inevitável. Ela é muito carinhosa, do nada ela abraça a gente, beija. Com o vô, a vó e a tia então, ela é um grude só, é apaixonada por eles”, finalizou.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.