Rio Branco, Acre, 20 de junho de 2021

Artista acreano tem olho atingido por chave de fenda depois de ter beijado namorado em conveniência

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá Em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Um discussão que aconteceu há pelo menos uma semana em um estabelecimento comercial de Rio Branco resultou em uma agressão contra o artista acreano Pedro Lucas Lima Araújo.

O rapaz teve seu olho furado por uma chave de fenda. O responsável pelo ataque seria um idoso que ainda atirou para cima antes de agredir o artista.

O namorado de Lucas, o produtor cultural Sérgio de Carvalho, usou o seu perfil no Instagram para comentar o fato.

“Nada justifica uma pessoa enfiar uma chave de fenda no olho da outra. Ainda mais no olho de um menino artista. Toda esta maldade reverbera em meu coração como revolta e indignação. Tento organizar os fragmentos de tudo que aconteceu desde sexta feira. Médicos, polícia e muita dor. Impossível montar este mosaico, achar algum sentido maior para tanta maldade”, escreveu.

Sem dar muitos detalhes do que aconteceu, Sérgio disse que o fato se trata de um “crime de ódio”.

“Acho que ainda não voltei do trauma de ver alguém que eu amo tanto sofrer tamanha agressão. Crime de ódio. Fragmentos de violência e momentos de introspecção que, realmente, me fazem pensar sobre a fragilidade e sobre o milagre da vida. De estar vivo. Tento não abrir espaço pro ódio. Vibro na urgência de justiça, este sentimento sim, inunda minha alma, enquanto, busco todas as possibilidades médicas e espirituais. A cura na sua mais profunda essência”, continuou.

À reportagem do ContilNet, Sérgio disse que ainda chegou a ir ao local, antes do ocorrido, e deu um beijo em seu namorado – o que acredita ter despertado no suspeito algum tipo de aversão.

“Espero que, de alguma maneira, o agressor tenha consciência do mal e da dor que ele provocou. Não pode haver impunidade. Pois ele anda por aí, como se nada tivesse acontecido, falando de carros antigos, ao lado de aposentados armados. Louvando a Ditadura Militar e o genocida em suas redes. Enquanto o menino de alma de artista não sabe se voltará a enxergar de um olho”, finalizou.

Com informações ContilNet

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.