Rio Branco, Acre, 19 de junho de 2021

Cármen Lúcia abre investigação contra Ricardo Salles

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A ministra Cármen Lúcia autorizou nesta quarta a abertura de inquérito para investigar o chefe do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

A ministra considerou os elementos apontados pela PGR para liberar o procedimento que agora irá apurar a suposta atuação de Salles para atrapalhar a apuração da maior apreensão de madeira do Brasil, denunciada pelo delegado da Polícia Federal Alexandre Saraiva, que era superintendente no Amazonas.

“Defiro o pedido da Procuradoria-Geral da República e determino a instauração de inquérito em desfavor do Ministro do Meio Ambiente Ricardo de Aquino Sales pelos fatos descritos no pleito do Ministério Público, com o objetivo de apurar prática dos crimes tipificados no art. 321 do Código Penal (advocacia administrativa), no art. 69 da Lei 9.605/1998 (obstar ou dificultar a fiscalização ambiental) e no art. 2º, § 1º, da Lei 12.850/2013 (impedir ou embaraçar a investigação de infração penal que envolva organização criminosa)”, diz a ministra.

A partir de agora, os investigadores vão cumprir diligências no caso que incluem o depoimento do ministro do Meio Ambiente, a oitiva de proprietários rurais, dos agentes de fiscalização do Ibama e da Polícia Federal que atuaram na Operação Handroanthus.

  • Fonte: Veja Abril.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.