Rio Branco, Acre, 17 de junho de 2021

Réu que liderava plano de fuga é transferido para Cruzeiro do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Emily Vitória, do Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Após ter sido transferido da unidade prisional do município de Sena Madureira para Cruzeiro do Sul, um prisioneiro apresentou Habes Corpus pedindo a nulidade dessa medida. O pedido foi negado pela Câmara Criminal e a decisão publicada na última quarta-feira (9), na edição n° 6.847 do Diário da Justiça Eletrônico (pág.7).

De acordo com os autos do processo, a equipe de inteligência da Polícia Penal teve informações de um plano de fuga no presídio. Foram encontrados objetos proibidos e a depredação de uma parede em uma cela próxima a do réu.

A partir do relatório da instituição foi solicitada a sua transferência por motivos de segurança, sob a alegação de que o réu e outro prisioneiro exercem a função de liderança em uma organização criminosa. Em resposta, a defesa do acusado afirmou que há ilegalidade na transferência.

O desembargador Pedro Ranzi destacou que o deferimento de liminar em Habes Corpus é medida excepcional “o que não se mostra no caso, pois verifica-se que existem indícios relacionados a posição de comando, bem como sobre a execução do plano de fuga.”

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.