31.2 C
Juruá
quinta-feira, agosto 11, 2022

Pacientes estão nos corredores do PS, denuncia irmão de paciente; diretora da unidade relata grande demanda por causa da pandemia

Por

Entra ano e sai ano e o atendimento no Pronto-socorro parece não melhorar. Pelo menos é o que de vê nas imagens enviadas por um internauta do Notícias da Hora que pediu para não se identificar. Nas fotos há vários pacientes nos corredores da unidade. Um desses pacientes é irmão do denunciante, que diz que teve que providenciar colchonete por falta de maca

“Se eu não quisesse que meu irmão ficasse numa maca sem nada eu não tinha buscado uma maca em casa para poder colocar ele aqui para ele ficar. Senão ele ficar a noite todinha aqui após ter passado por um cirurgia”, diz o irmão do paciente.

A diretora-geral do Pronto-socorro, Carolina Pinho, nega a falta de macas na unidade, mas adimite que há pacientes nos corredores.

Ela explica que a quantidade de pessoas no PS aumentou por causa da procura por atendimento de pessoas com gripe e ainda em razão da pandemia de covid-19. A grande demanda acaba sobrecarregando os profissionais e a própria estrutura do hospital.

“Ocorre que os hospitais para onde os pacientes devem ser mandados após estabilização não estão passando vagas porque as equipes estão adoecidas também devido a gripe. Muitos profissionais afastados por atestado médico. Então elas não conseguem receber nossos pacientes. Mas o PS, por ser unidade de emergência, não pode fechar as portas quando fica superlotado. Nós temos que dar um jeito de receber os pacientes para que não fiquem sem o mínimo de suporte de saúde. Assim a gente fica lotado, com corredor cheio, com paciente em cadeira.

Infelizmente a gente continua na pandemia do covid-19. Agora vivemos o surto de influenza e as outras doenças que sempre existiram não deixaram de aparecer. Então o PS que, é referência para casos graves, acaba atendendo também casos que deveriam ser atendidos nas UPAs, pois a população insiste em procurar atendimento para quadros leves e moderados no PS. E quando um médico vê um paciente que necessita internação, ainda que seja por quadro moderado, que deveria estar em UPA, ele interna.”

  • Luciano Tavares, do Notícias da Hora.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!