31.8 C
Juruá
sábado, junho 25, 2022

Acidentes nas BRs do Acre mataram 22 pessoas e deixaram 103 feridos graves em 2021

Por

Os dados Anuário 2021 da Polícia Rodoviária Federal traz dados de acidentalidade e criminalidade nas rodovias de todo o País. No Acre, dos 254 acidentes registrados no ano passado, 22 pessoas morreram em acidentes nas BRs-317 e 364. Outros 103 ficaram gravemente feridos.

Lançado recentemente, o Anuário traz números de acidentes, feridos e mortos de 2007 a 2021 e demonstra que, desde 2011, há uma queda gradativa de acordo com os registros. Já em relação ao combate à criminalidade, em 2021, houve recorde histórico na apreensão de cocaína pelo país.

No Acre, acidentes envolvendo carros de passeio mataram 10 e deixaram 37 gravemente feridos em 2021. Já os acidentes com caminhões resultaram em dois mortos.

Os acidentes com motos mataram 10 pessoas e deixaram outras 52 gravemente feridas. Nos registros de acidentalidade, o Anuário 2021 da PRF mostra que Minas Gerais ocupou o ranking dos estados onde mais ocorreram acidentes em 2021, com 8.308 ocorrências, seguido de Santa Catarina, com 7.882 e Paraná, com 7.330. O estado de Minas Gerais também ocupa o primeiro lugar, em 2021, no número de pessoas feridas e mortas. No entanto, número total de acidentes nas rodovias federais de todo o país, em 2021, foi de 64.441, uma redução de 66,5% comparado aos últimos 10 anos. Resultado do esforço com fiscalização e ações educativas aliados à pesquisa e tecnologia investidos ao longo dos anos.

No documento também é possível verificar as rodovias no país de maior frequência de acidentes, além dos principais tipos e causas. Transitar com velocidade incompatível, por exemplo, foi a causa responsável por 10% dos acidentes no ano passado, resultando no óbito de 675 pessoas somente por esse motivo. Outros dados na análise de acidentes estão disponíveis no anuário, como a pista onde ocorrem, condição meteorológica, e o número de ocorrência por mês, semana e horário; além da faixa etária, gênero do motorista e tipo de veículo.

  • Por Edmilson Ferreira, do AC24horas.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!