31.8 C
Juruá
sábado, junho 25, 2022

Em Brasília, técnicos em saúde do Acre participam de seminário nacional de preparação para a estação das queimadas

Por

Começa nesta segunda-feira, 23 e vai até a próxima quarta-feira, 25, o Seminário Nacional de Preparação do Setor de Saúde para a Estação das Queimadas 2022, promovido pelo Departamento de Saúde Ambiental do Trabalhador e Vigilância das Emergências em Saúde Pública do Ministério da Saúde (MS). O evento acontece em Brasília (DF).

O Acre se faz presente por meio das representantes: Rejane Campos, da Divisão de Saúde do Trabalhador; Regina Castro, da Divisão de Vigilância Ambiental; e Débora Gonçalves, do Departamento de Vigilância em Desastres (Vigidesastres).

O encontro visa contribuir para a promoção e a proteção da saúde; a prevenção de doenças e agravos; e a redução da morbimortalidade, de vulnerabilidades e de riscos à saúde decorrentes das queimadas e incêndios florestais. Para tal ato, estão sendo discutidas estratégias e diretrizes nacionais com o fim de orientar a atuação do Sistema Único de Saúde (SUS), na gestão das ações e dos serviços de forma solidária, priorizando territórios, pessoas e grupos em situação de maior risco ou vulnerabilidade diante de queimadas ou incêndios florestais.

Três técnicas de departamentos de saúde do Acre participam do seminário. Foto: cedida

“É um evento de suma importância, por ser um problema que enfrentamos todos os anos. As queimadas influenciam diretamente no setor saúde, porque acontece em um período bem crítico que é a estiagem. Nesse período temos alteração no padrão de notificações de doenças respiratórias, nas queimaduras e nas doenças diarreicas agudas, devido o aquecimento provocado pelas queimadas. Sem falar dos acidentes de trabalho de quem atua diretamente nessa problemática”, explicou Débora Gonçalves.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!