24.5 C
Juruá
sexta-feira, agosto 12, 2022

Venda de automóveis cai 24% no Acre e Fiat Strada lidera preferência de compra no estado

Por

O ano de 2022 começou com o Chevrolet Ônix e a Fiat Strada sendo os mais veículos mais vendidos no Acre. Em janeiro de 2022, as concessionárias acreanas comercializaram 29 unidades do Ônix e 27 do Strada. Na soma das vendas de janeiro a abril, foram comercializadas 71 Strada e 53 Ônix, este último surge com frequência nos aplicativos de corridas compartilhadas em Rio Branco.

Em fevereiro, o Honda City e o Chevrolet Ônix foram os vendidos, cada um com 27 e 25 unidades, respectivamente. Na 1ª quinzena de maio, o modelo zero km de Honda City mais barato não saiu por menos de R$ 85 mil.

Em março, a Toyota Hilux foi o carro mais vendido no Acre, com 24 unidades comercializadas. Esse número representou 0,60% de todas as Toyota Hilyx vendidas no País naquele mês. A Fiat Strada ficou em 2º, com 20 automóveis vendidos.

Em abril passado, a dobradinha Ônix (Chevrolet Ônix Plus) e Strada voltou a se repetir, empatando em 24 unidades vendidas no período.

Conforme ocorreu em março, Hilux e Strada foram também os mais vendidos em 2021 no Acre. No ano passado, 639 unidades desses modelos foram comercializados no Estado.

A Fiat Strada, que para a Federação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Fenabrave) não é considerada um veículo de passeio, e sim um comercial leve, fechou na liderança geral de carros mais vendidos do Brasil em abril, repetindo o que já havia alcançado em março.

As dezenas de unidades emplacadas da picape, sucesso entre frotistas e empresas que precisam deste tipo de carro para trabalho, contribuíram para colocar a Fiat em primeiro lugar no ranking de vendas por marcas -assim explica a Fenabrave.

Em geral, no entanto, o mercado de veículos pequenos 0km vive um período de retratação se comparado com o ano passado: entre janeiro de abril de 2022 a venda de automóveis caiu 24% frente aos quatro primeiros meses de 2021. Por outro lado, as vendas de motocicletas 0km cresceram 16,14%.

  • Por Edmilson Ferreira, do AC24horas.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!