22.6 C
Juruá
terça-feira, junho 28, 2022

Cameli agradece o apoio do governo federal durante a visita do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações

Por

O governador Gladson Cameli se encontrou nesta quarta-feira, 1, com o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim. Durante o encontro promovido na Federação das Indústrias do Acre (Fieac), o Estado apresentou as potencialidades de ensino, pesquisa, renda e inovação a serem ampliadas e discutidas em prol do desenvolvimento econômico do Acre.

“O Ministério da Ciência e Tecnologia é fundamental, principalmente para um estado que está crescendo e abrindo portas para a industrialização como o nosso, pois precisamos ter tecnologia com base pronta para quem vier investir”, ressaltou o governador.

“Saio daqui com algumas demandas que eu já posso antecipar que, na sua integralidade, serão atendidas gradualmente e, o mais importante, saímos com uma agenda de trabalho a ser construída em parceria com o setor acadêmico e empresarial do estado”, enfatizou o ministro.

Na ocasião, o secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia do Estado do Acre (Seict), Assurbanipal Mesquita, apresentou um panorama da indústria, comércio, e investimentos tecnológicos. “A presença do ministro brinda um novo momento da Tecnologia e Inovação, em que o governo do Estado tem capitaneado e colocado todas as instituições ligadas à pesquisa para trabalharem em prol da construção de um plano de Ciência e Tecnologia para o nosso Acre”, acrescenta o titular da Seict.

VISITAMinistro conhece mapa do local onde será inserido o Distrito Tecnológico do Acre. Foto: José Caminha/Secom

Paulo Alvim declara interesse em contribuir com o projeto de desenvolvimento  e de interligação que promoverá a conectividade ao alcance de todo o Acre. “No que se refere à Infovia, nossa proposta é colocar a equipe do Ministério à disposição para ajudar nesse processo de desenvolvimento, e também vamos poder contribuir com o plano de Tecnologia do Estado do Acre, pois já estamos trabalhando em um projeto a nível nacional”, acrescentou o ministro.

“A vinda dele mostra o compromisso com as unidades federativas. O Estado não consegue fazer se não tiver o apoio e a chancela do governo federal. E a confirmação da contribuição com o nosso projeto de desenvolvimento muito nos alegra, considerando que, além de promover o desenvolvimento tecnológico e educacional, vamos gerar mais emprego e renda à nossa população. Com a execução do Parque Tecnológico vamos trazer investimentos e melhorias para todos os setores”, relatou o chefe do Estado.

Estiveram presentes na ocasião a diretoria da Fieac;  o secretário de Infraestrutura Financeira e Projetos do MCTI, Marcelo Meirelles; a secretária adjunta de Empreendedorismo e Turismo, Taiane Belarmino; a diretora do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa), Antônia Franco; e os presidentes das federações e sindicatos das áreas de  indústria, comércio e negócios do estado.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!