27.4 C
Juruá
domingo, junho 26, 2022

Homens presos em blitz da PM em Cruzeiro do Sul podem ter cometido assassinato minutos antes

Por Com informações Ac24horas

Os três homens, B.E.A.F.,J.W.S.C.eJ.G.R.S.,
armados com uma pistola e um revólver, que foram presos durante uma blitz de trânsito pela Polícia Militar, na noite do último sábado, 4, podem ter matado, minutos antes, Jonas de Lima, conhecido por Peruano, dentro da casa dele no bairro São José.

“Todas as características apontam que sim, mas isso vai ser investigado pela Polícia Civil. O exame pericial vai confirmar se as armas encontradas foram as usadas no crime. Nossa operação estava na rua e fez a abordagem e as armas encontradas coincidem sim com as que foram usadas no
crime”, relata o comandante da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul, tenente coronel Edvan Rogério.

Horas antes de ser executado com tiros no pescoço e na cabeça, dentro de casa, Peruano havia matado Ronaldo Torres Pereira, de 37 anos, na região central de Cruzeiro do Sul.

Outro homicidio

A Polícia Militar também já sabe que José Aldenir Paixão, de 24 anos, morto na sexta-feira com 14
facadas, na região da BR-307, em Cruzeiro do Sul, foi atacado por dois homens, que fugiram pela
região de mata.Segundo o tenente coronel Edivan Rogério, Aldenir
foi contratado para fazer um trabalho e foi emboscado na mata.

“Um trabalhador fazia um serviço para o seu patrão e sofreu uma emboscada. Duas armas foram usadas no crime, então acreditamos que dois homens agiram, mas se evadiram por uma
região de mata densa e não se sabe o motivo” pontua o comandante.

Aldenir foi encontrado agonizando e perdendo muito sangue nas margens da BR-307, na comunidade Belo Monte, por uma equipe do 61° Batalhão de Infantaria e Selva – 61° BIS. Ele
morreu no local e o corpo foi trazido e entregue no Instituto Médico Legal – IML – de Cruzeiro do
Sul pelos militares do Exército Brasileiro.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!