24 C
Juruá
domingo, junho 26, 2022

Solenidade marca abertura da Programação do Mês do Meio Ambiente no Acre

Por Redação O Juruá em Tempo.

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), via Programa REM, realizou nesta segunda-feira, 6, a solenidade de abertura do Mês do Meio Ambiente. O evento foi realizado na Filmoteca Acreana, anexa à Biblioteca Pública do Estado Adonay Barbosa. Estiveram presentes no evento representantes de diversos órgãos parceiros.

O Mês do Meio Ambiente é um evento em alusão ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no último domingo, 5. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1972, durante a conferência que instituiu o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). Este ano a conferência comemora 50 anos e tem por temática Uma só terra!, a qual norteou a escolha do tema do evento sediado pelo governo do Acre: Nossa Terra, nosso futuro.

A gestora de políticas públicas e Jornalista, Celis Fabrícia, foi a mestre de erimônias do evento.  Foto: José Caminha/Secom

A gestora de políticas públicas e jornalista, Celis Fabrícia, foi a mestre de cerimônias do evento e, em sua fala, salientou a importância do evento e sua temática. “Precisamos agir coletivamente para evitar um colapso ambiental”, afirmou.

O aparelho da solenidade foi composto pelos titulares e representantes da Seplag e Semapi. Foto: José Caminha/Secom

O aparelho da solenidade foi composto pelo secretário titular da Seplag, Ricardo Brandão; pela secretária de Estado de Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (Semapi), Paola Fernandes Daniel; pela secretária adjunta de Planejamento, Kelly Lacerda; pelo diretor de Captação e Monitoramento de Recursos Alexandre de Souza Tostes e a coordenadora-geral da Unidade de Coordenação do Programa REM (UCP REM), Roseneide Sena.

Estiveram presentes no evento representantes de todos os órgãos executores do Mês do Meio Ambiente. Foto: José Caminha/Secom

Estiveram presentes, ainda, representantes da Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (Seet), do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), da Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), do Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais do Estado do Acre (IMC), do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Acre (CBMA), da Companhia de Desenvolvimento e Serviços Ambientais (CDSA), do Instituto de Terras do Acre (Iteracre), da Secretaria de Estado de Produção e Agronegócio (Sepa) e da Fundação de Tecnologia do Estado do Acre (Funtac).

O secretário Ricardo Brandão ressaltou em sua fala a importância da educação ambiental. Foto: José Caminha/Secom

Durante sua fala, o secretário Ricardo Brandão destacou a importância da educação e consciência ambiental: “Precisamos perceber que, enquanto autoridades públicas, temos um dever de preparar os cidadãos, os jovens para a discussão ambiental. Que este Mês do Meio Ambiente possa seguir de ponto de provocação a cada um de nós para começar a contribuir para um planeta um pouco melhor”.

A secretária Paola Daniel, por sua vez, salientou que o trabalho ambiental feito hoje terá impacto para as futuras gerações. Foto: José Caminha/Secom

Para a titular da Semapi, Paola Daniel, esses eventos são importantes pois reforçam a importância de se trabalhar a educação ambiental em todas as esferas. “Eu acredito que a educação ambiental é um dos pilares da preservação florestal, porque quando falamos de transformação social, falamos de mudança de cultura, uma cultura que já vem há muitos anos. Nascemos com ela, então é muito difícil perdermos esses hábitos de uma hora para outra”.

E conclui, “A educação ambiental é uma semente que você planta e, ao longo dos anos, vai regando para colher frutos. Talvez nós nem vejamos esses frutos agora. Mas a próxima geração vai olhar para o meio ambiente de forma diferente”.

A coordenadora-geral do UCP-REM, Roseneide Sena destacou em sua fala a importância do desenvolvimento industrial e da preservação ambiental andarem lado a lado. Foto: José Caminha/Secom

A coordenadora-geral do UCP-REM, Roseneide Sena destacou em sua fala a importância do desenvolvimento industrial e da preservação ambiental andarem lado a lado: “Nosso objetivo é demonstrar que não é possível transformarmos o estado do Acre numa potência industrial se nós esquecermos, de fato, qual é a nossa cultura produtiva”.

E finalizou: “Estamos aqui lutando, fazendo a nossa parte, demonstrando que temos, sim, como gerar estoque de carbono e reduzir emissões. Então, o nosso papel, enquanto implementadores de políticas públicas de serviços de incentivo ambiental, é chamar a atenção para o estado, trazendo pessoas que estejam dispostas a investir aqui no Acre”.

A programação do Mês do Meio Ambiente se estende durante todo o mês de junho e pode ser acessada por meio do link.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!