34.6 C
Juruá
segunda-feira, julho 15, 2024

Paratletas acreanos participam de Campeonato Regional Norte de Bocha em Rondônia

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

O Campeonato Regional Norte de Bocha, organizado pela Associação Nacional de Desportos para Deficientes (Ande), foi realizado na semana passada, no Ginásio Cláudio Coutinho, em Porto Velho (RO). A delegação acreana, de 26 pessoas, participou do evento com nove atletas, que representaram o Centro de Apoio as Pessoas com Deficiência Física do Acre (Capedac) e a Associação Paradesportiva Acreana (APA).

A competição reuniu 40 atletas da região e os acreanos conquistaram 2 medalhas de ouro, 2 de prata e uma de bronze. A vitória definiu vaga para o Campeonato Brasileiro de Bocha, que será realizado no mês de dezembro, em São Paulo (SP).

Campeonato Regional Norte de Bocha foi realizado em Porto Velho (RO). Foto: cedida

Medalhista de ouro, Ricardo Campos, que tem paralisia cerebral, garantiu vaga para o campeonato nacional da modalidade. “Cada competição tem um significado; é uma coisa muito maravilhosa, porque, além de ter conseguido ser campeão em Porto Velho, a gente conseguiu a vaga para ir para o Brasileiro em dezembro. Então não tem preço, cada vez que você vai a uma competição e consegue ser campeão, é a melhor coisa que tem”, comemorou o pai de Ricardo, Clodoaldo.

Ricardo mora em Assis Brasil e conta com o apoio da prefeitura para realizar os treinos na quadra municipal. O atleta já participou de vários campeonatos, inclusive um internacional, tendo competido em Bogotá, na Colômbia.

Medalhista de ouro, Ricardo Campos, que tem paralisia cerebral, é acompanhado pelo pai Clodoaldo nas competições. Foto: cedida

O governo do Acre, por meio da Secretaria Adjunta de Esporte e Juventude (Saej), apoia os paratletas acreanos custeando o deslocamento dos atletas, oferecendo as passagens de toda a delegação. “Já participamos há alguns anos das competições. Neste campeonato tivemos resultados ótimos, com nove atletas que participaram e cinco que foram classificados para Campeonato Brasileiro”, afirmou a representante da pasta, Rakel Thompson Abud.

O paratleta de bocha Emilson Farias foi classificado em segundo lugar na competição, também garantindo vaga para o brasileiro. “O esporte mudou a minha vida; hoje eu vivo pela bocha, dependo da bocha e quero agradecer a toda a nossa equipe, ao nosso governador, que tem dado o maior incentivo para nós, e ao nosso secretário de esporte”, disse.

E completou: “Fizemos o nosso melhor em Porto Velho, trouxemos ouro, prata e bronze; então foi sucesso esse esporte; foi o maior regional de que eu já participei, com atletas de todo canto. E nós no meio lá, guerreiro mesmo, sangue de seringueiro. Através do esporte eu voltei a estudar, peguei meus estudos, fiz o Enem e estou fazendo faculdade de educação física aqui na Ufac”.

“O governo do Estado tem investido e apoiado os nossos atletas, sobretudo os atletas paralímpicos, para que participem de competições importantes, seja na região Norte, seja em Brasília, como nós tivemos recentemente. Trouxemos excelentes resultados, e agora nós fomos a Rondônia com nove atletas participar desse evento, com 26 pessoas ao todo, com toda a equipe, e ver a nossa equipe trazendo aí pelo menos 12 medalhas, entre medalha de ouro, medalha de prata e medalha de bronze, nos alegra muito”, destacou o secretário de Esporte, Ney Amorim.

Emilson Farias é paratleta de bocha. Foto: vedida

Confira a classificação dos atletas

Rita de Cassia Albuquerque – APA

Bc 1

Medalha de Prata

 

Eduardo Alves – APA

BC1

Medalha de Ouro

 

Ricardo Campos – APA

Bc 3

Medalha de ouro

 

Emilson da Silva Farias – APA

BC 3

Medalha de Prata

 

Luis Costa – Capedac

BC4

Medalha de Bronze

 

2⁰  lugar premiação por equipe

 

Clube Associação Paradesportiva Acreana – APA

- Publicidade -
Copiar