30.7 C
Juruá
sexta-feira, julho 19, 2024

Servidores ambientais federais entram em greve no Acre na próxima segunda

Por Leandro Chaves, da Gazeta do Acre.

- Publicidade -

Começa nesta segunda-feira, 24, por tempo indeterminado, a greve dos servidores ambientais federais no Acre. O movimento foi deflagrado após seis meses de negociação, sem avanços, com o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI).

Cruzarão os braços trabalhadores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) e Serviço Florestal Brasileiro.

Outros oito estados deflagraram greve para a data: Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Tocantins. No dia 1º de julho, será a vez do Distrito Federal, Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

As categorias reivindicam reestruturação de carreira, diminuição das disparidades entre cargos intermediários e de nível superior, criação da gratificação de atividade de risco e a incorporação do servidores ambientais na Lei de Fronteiras, que prevê indenizações para atuação em áreas de limites entre países.

“Esse movimento vai agravar a situação dos serviços prestados por esses órgãos, prejudicando as metas ambientais e compromissos internacionais assumidos pelo país, algo que não é desejado por nenhuma das partes deste processo, mas que é responsabilidade do governo resolver”, afirmou o presidente da Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente (Ascema Nacional), Cleberson Zavaski.

- Publicidade -
Copiar