30.7 C
Juruá
sexta-feira, julho 19, 2024

Moradores de Porto Walter pretendem reabrir 90 quilômetros do ramal que liga o município à Cruzeiro do Sul

Por Redação O Juruá em Tempo.

- Publicidade -

O serviço de abertura do ramal que liga o município de Porto Walter à Cruzeiro do Sul começou na sexta-feira passada, 05. Cerca de 40 homens usam roçadeiras, terçados e outros utensílios, além da construção de pontes para reabrir o ramal feito em 2021 pelo governo do Estado e Prefeitura de Porto Walter.

Para iniciar a reabertura do ramal, os moradores uniram-se e realizaram uma vaquinha com a ajuda de políticos e empresários para arrecadar dinheiro e combustível. Na primeira ida, eles levaram cerca de 400 litros de óleo diesel e gasolina. Nesta quarta-feira, 10, mais combustível será levado para o local.

De acordo com uma pessoa que não quis se identificar, mais de R$4 mil foram arrecadados para a compra de alimentos para o grupo que segue no trabalho, bois também foram doados para alimentar os trabalhadores que estão realizando o serviço.

A expectativa é que se concluam o serviço de reabrir os 90 quilômetros da estrada no final de semana. Inclusive, já passou um quadriciclo do Corpo de Bombeiros, que fazia buscas por um homem desaparecido na região.

“O Corpo de Bombeiros usar essa estrada que abrimos é uma prova da importância desse ramal “, disse um dos moradores, por meio de um aúdio, sendo divulgado vídeos e fotos dos homens trabalhando, conversando e assando carne no ramal.

Em dezembro do ano passado, a pedido do Ministério Público Federal, a Justiça Federal determinou o fechamento do trecho e proibiu intervenções no local devido à falta de licenciamento ambiental. A via corta parte da Terra Indígena Jaminawa, do Igarapé Preto, e impacta áreas de preservação permanente.

Contrária a esta decisão, a população de Porto Walter agiu por estarem se sentindo prejudicados devido a escassez de vários produtos na cidade em virtude do baixo volume das águas do Rio Juruá, o que aumenta o tempo de viagem entre Cruzeiro do Sul e o município. Para eles, a estrada evitaria a situação.

- Publicidade -
Copiar