Detendo é flagrado se masturbando dentro de viatura do Iapen

“Contando, não tem quem acredite!”. A frase que inicia este texto foi proferida por um agente penitenciário ao se deparar com uma cena inusitada que estava sendo exibida diante dos seus olhos no monitor das câmeras instaladas no interior carroceria-cela de uma viatura do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen). Um preso que estava sendo escoltado para atendimento médico de urgência em uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, estava se masturbando vigorosamente como se estivesse na intimidade de seu quarto ou de seu banheiro.

O caso ocorreu no início da semana. O preso em questão não teve seu nome divulgado, mas sabe-se que ele teria passado mal durante a noite e requerido atendimento médico. Temendo se tratar de uma situação grave, a equipe de plantão daquela noite solicitou escolta para levar o “enfermo” presidiário até a UPA do Segundo Distrito.
As imagens exclusivas foram cedidas ao ContilNet por um agente penitenciário que preferiu não ter seu nome revelado. “Os agentes colocaram ele na cela da viatura e se dirigiram para a UPA conforme determina o protocolo para esses casos. Em meio à viagem, observaram pelos monitores para saber como ele estava e descobriram que ele estava se masturbando”, explicou ele.

O agente também não informou qual o procedimento adotado depois do flagra, mas acredita que a viatura deve ter retornado para o complexo penitenciário Francisco d’Oliveira Conde, já que ficou constatado que o “paciente” já estava bem de saúde.

“Tem muitos casos em que os presos inventam que estão doentes para poderem sair do presídio. Eles costumam chamar isso de ‘pegar vento’. Quando esses são flagrados, novas saídas para atendimento médico só são atendidas quando estiver bem-clara a necessidade de atendimento médico.”

  • Por Contilnet.