Estado cobra da Receita uma alfândega no aeroporto de Cruzeiro do Sul e parecer sobre a ZPE

Na tarde da ultima quarta-feira, 27, o vice-governador Major Rocha, acompanhado da deputada federal Mara Rocha, do deputado estadual Luiz Gonzaga e do representante do Estado do Acre em Brasília, Ricardo França, participaram de uma audiência  em Brasília com o Secretário Especial da Receita Federal, José barros Tostes. Em pauta, Rocha pediu ao secretário rapidez no processo de instalação da alfândega no aeroporto de Cruzeiro do Sul.

O vice-governador explicou ao secretário a necessidade da instalação de uma alfândega no aeroporto de Cruzeiro do Sul. Ressaltando a importância para a economia da cidade, que terá ligação direta com o país vizinho, Peru, além do transporte regular de passageiros, a internacionalização permitirá a exportação e importação de mercadorias para ambos países.

Tostes solicitou a Rocha que o Governo do Estado solicite da Infraero – Empresa de Infraestrutura  Aeroportuária, para que junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), emita um laudo que comprove que a estrutura do aeroporto e pista suportam o fluxo internacional.

Sobre a ZPE, o representante do Acre em Brasília, Ricardo França, em nome do governador Gladson Cameli cobrou o parecer  da Receita Federal sobre a legalidade fiscal da implantação do complexo industrial. Comércio e serviços compostos pela Zona de Processamento e Exportação.

O projeto é uma parceria do Governo do acre e investidores chineses, que tem previsão da aplicação de R$ 1 bilhão em quatro anos e a criação de 20 mil empregos.