Mais de 20 crianças com autismo estão sem mediadores nas escolas de Rio Branco, diz associação

Mais de 20 crianças com autismo estariam sem mediadores dentro das salas de aula em Rio Branco. Segundo a Associação Família Azul do Acre (Afac), há alunos que não estão indo para a escola por falta de profissionais especializados disponíveis.

Há casos ainda em que os estudantes até comparecem às aulas, mas, segundo as mães, os filhos não estão sendo incluídos nas atividades por falta de profissionais. A denúncia relata também casos em que um mediador atende até três crianças nas escolas.

“Esse ano a prefeitura, além de começar o ano letivo com mediadores a serem contratados, ainda está destinando o mesmo mediador de uma sala para dois a três alunos. Isso não é inclusão, a legislação fala em profissional especializado e individualizado”, falou o presidente da Afac, Abraão Púpio.

Por Aline Nascimento