População de Cruzeiro do Sul não comparece a manifesto contra aumento nas contas de luz

O descontentamento com o aumento no valor das contas de energia elétrica tem sido assunto de uma ponta a outra, do estado do Acre. Na manhã desta quinta-feira, 3, manifestações foram programadas em vários locais da região norte do país, pois as reclamações são oriundas de todos os estados em que a Energisa é a empresa responsável pela distribuição de energia.

Em Cruzeiro do Sul o ato estava marcado para às 8h, em frente à sede da Energisa no município, mas a população não compareceu.  O manifesto foi amplamente divulgado para que todos aqueles que estavam se sentindo lesados ou prejudicados de alguma forma, comparecessem ao ato para protestar e cobrar explicações da empresa.

Apenas um grupo de pouco mais que cinco pessoas compareceu, levando alguns cartazes de protesto. À reportagem, o diretor comercial da Energisa em Cruzeiro do Sul, Stingley Cândido explicou que o que aumentou foi o consumo de energia. “Esse aumento ocorre na mesma época todos os anos, porque é o período mais quente, logo os aparelhos de ar condicionado e ventilar precisam puxar mais energia para dar conta de refrigerar o ambiente”, disse.

Cândido também aproveitou a oportunidade para anunciar que em novembro deve haver mudança no valor da tarifa. “Esse reajuste é feito anualmente, mas nós ainda não podemos garantir se vai ser para mais ou para menos”, frisou.

Assista: