Vereador do MDB diz que Ministério Público “mais atrapalha do que ajuda” na questão da segurança pública

O vereador do MDB de Rio Branco, João Marcos Luz, afirmou na tribuna da Câmara nesta quinta-feira, 13, que “muitas vezes, o Ministério Público atrapalha. Porque muitas vezes persegue mais o policial do que o bandido”, afirmou.

Luz apresentou na tribuna os números de redução da violência no Estado, apontados Governo Federal. O parlamentar questionou a atuação do Assembleia Legislativa do Acre e do judiciário na redução dos indicadores de violência.

“O que a Assembleia Legislativa tem feito pela Segurança Pública? O que o Tribunal de Justiça tem feito? O que o Ministério Público tem feito? É muito fácil empresários e cidadãos ficarem questionado apenas o governador, pois a questão da segurança pública é complexa”, destacou mdbista.

Ainda segundo o parlamentar, o ex-governador do Acre, Tião Viana (PT), tem razão ao alertar sobre perigos das fronteiras estarem desprotegidas. João Marcos foi contrariado pelo líder do PSL, N. Lima, que questionou a veracidade dos dados apresentados.

“Quem passou esses dados ao Ministério da Justiça? Porque todos os dias, vereadores e deputados apresentam denúncias de violência. Aí o vereador João Marcos vem aqui e diz que o problema não do governo, que é um conjunto. Realmente, mas sabe quem manda no Estado? É o governador. Sabe quem convoca esses órgãos? É governador”, observou N. Lima.

Por Mário Figueira, redação Juruá em Tempo