Rio Branco, Acre, 28 de outubro de 2020

Santos tenta evitar pressão sobre Gabriel, sondado pela Juventus

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O duelo entre Santos e Ponte Preta, neste sábado (16), às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, válido pela 15ª rodada do Brasileiro, pode marcar a despedida de Gabigol e o retorno de Ricardo Oliveira.

Gabigol e Santos receberam propostas verbais da Juventus, da Itália, que o seduziram, e o negócio pode ser fechado caso Wagner Ribeiro, agente do jogador, cumpra a promessa feita em reunião com a diretoria santista e apresente a oferta documentada.

Os dirigentes do Santos trabalham com a hipótese de vender Gabriel e, por isso, tomaram todos os cuidados para não vazar informações sobre o suposto interesse da Juventus, da Itália. A ideia é preservar o jogador.

Diretoria e comissão técnica temem que o camisa 10 sofra pressão e até seja chamado de mercenário por parte da torcida no jogo contra a Ponte Preta, após recuar na renovação contratual. A extensão do vínculo estava encaminhada de 2019 para 2021, com a minuta de contrato pronta, mas o atleta não assinou pois recebeu a oferta do clube de Turim.

Por conta disso, a cúpula santista se limita a falar sobre os últimos encontros com os representantes do jogador, principalmente Wagner Ribeiro.

“Nessa semana eu ainda recebi um email do advogado, dizendo o que eles queriam na minuta e estamos discutindo. O resto, pra mim, é conversa. Se tem proposta, mostra. Vamos parar com isso. Cadê a proposta? Se tem, mostra”, afirmou o presidente do clube, Modesto Roma.

Nos últimos dias, conforme adiantou o UOL Esporte, o empresário de Gabigol, Wagner Ribeiro, levou ao clube uma proposta verbal de 20 milhões de euros somente pela parte que o Santos detém dos direitos econômicos do atleta. O Santos é dono de 40% do jogador (além de disputar outros 20% com a Doyen Sports na Justiça).

A suposta proposta italiana agrada ao clube, pois o presidente Modesta Roma já avisou que topa liberar o jogador por 18 milhões de euros.

“Se surgir ou não, dentro das cláusulas de saída, pode ser que ele saia. Se não surgir, dentro das cláusulas de saída, não é possível que ele saia. Estamos trabalhando com muita calma, sem pressão, porque o contrato do Santos com o Gabriel é até 2019”, disse.

 

Com informações da Folhapress.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.