Rio Branco, Acre, 24 de fevereiro de 2021

Cruzeiro do Sul chega a 4.393 casos de Covid-19 e situação preocupa autoridades: ‘Assustador’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Com o aumento dos casos de Covid-19 em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, o prefeito Zequinha Lima diz que está preocupado com a situação dos leitos e também falta de profissionais na cidade. Nesta terça-feira (26), equipes estavam distribuindo álcool em gel, máscaras e panfletos para orientar a população nos cuidados que devem ser adotados na prevenção da doença.

“O que tem nos preocupado é a forma como o vírus tem avançado aqui em Cruzeiro do Sul. Nós temos o hospital regional aqui que recebe pessoas desde Feijó, até o município de Mâncio Lima, então são nove municípios que vêm para ter atendimento”, disse o prefeito durante entrevista na CBN Amazônia em Rio Branco. O hospital tem recebido ainda pacientes do Amazonas.

Além da mobilização nas ruas, direto com a população, o prefeito disse que na segunda-feira (25), participou de pelo menos duas reuniões, uma com a direção da Associação Comercial e outra com gerentes de bancos, para pedir a colaboração para que as medidas sanitárias sejam obedecidas. Prédios públicos também passam por desinfecção.

“Nós estávamos tendo um média diária de 40 casos novos de Covid-19, ou seja, nos primeiros 20 dias de janeiro nós tivemos 661 casos de Covid. É um número assustador, por isso, a gente resolveu tomar uma série de medidas. Não podemos permitir que a gente tenha o estrangulamento da rede pública, não só pela falta de leitos no hospital, mas como também pela falta de médicos, a gente sabe que não tem médicos suficientes”, disse.

Lima disse que estão sendo fiscalizadas as regras estabelecidas para o funcionamento do comércio e demais atividades, mas ele afirma que também é preciso que a população se conscientize.

“É preciso que o cidadão faça a sua parte. Colocamos quatro equipes estão em locais estratégicos da cidade, onde tem aglomeração de pessoas, orientando, distribuindo máscaras, álcool em gel. Estamos fazendo um trabalho de educação e orientação, chamando a atenção do povo para a necessidade de cumprir regras básicas como usar máscara, higienizar as mãos e manter o distanciamento”, acrescentou.

Casos de Covid-19 em Cruzeiro do Sul

A cidade de Cruzeiro do Sul, registrou até a segunda-feira (25), 4.393 casos de Covid-19, e 74 mortes pela doença, segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre). Nesta terça, segundo a Saúde, há 49 pacientes na clínica Covid; mais 11 da UTI Covid, sendo que oito estão entubados. Um deles é de Tabatinga. No total, estão internadas 60 pessoas na unidade.

Com o aumento dos casos, o alto consumo de oxigênio no Hospital Regional do Juruá, causou uma sobrecarga em uma das unidades geradoras do hospital, que enfrentou uma queda na distribuição do produto na última semana, segundo informações direção do hospital divulgada no domingo (24).

O hospital do Juruá estava com 13, dos 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados nessa segunda, segundo o último boletim de assistência da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre). No total, o hospital está com 59 leitos de enfermaria, clínicos, pediátricos e obstétricos ocupados.

‘Jovem indo direto pra UTI’, diz médica

A infectologista Rita de Cassia afirma que a situação pode ser mais grave do que a da primeira onda da pandemia.

“O hospital está quase cheio, não temos profissionais de saúde o suficiente, o Hospital do Juruá está numa carência de médicos. Então a situação não é brincadeira. Subiu vertiginosamente a quantidade de casos e agora não tem mais essa de paciente idoso, tem jovem indo direto para a UTI e são pessoas que não tinham doenças”, informou.

Como o número de internações por Covid-19 voltou a aumentar e devido o auxílio que presta ao estado vizinho, o Hospital de Campanha da cidade ampliou o número de UTIs, de 10 para 20.

Sobre a falta de médicos, a Sesacre informou que a administração é de responsabilidade da Associação Nossa Senhora da Saúde (Anssau), que ao ser questionada afirmou que a “situação está sob controle”.

Fonte: G1.COM

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.