Rio Branco, Acre, 6 de março de 2021

Secretário de Segurança do Acre sugere que bandidos que atacam a polícia vão morrer

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O secretário de Justiça e Segurança do Acre, coronel Paulo César, afirmou à imprensa nesta semana que criminosos que reagirem à polícia durante abordagens ou operações, não serão recebidos em tom diferente. A declaração ocorreu após a morte de um criminoso conhecido como “Diabão”, que atacou os policiais na bala.

A abordagem que deu origem à declaração ocorreu na terça-feira, dia 05, no bairro Sobral, em Rio Branco. Paulo Cézar explicou que o criminoso adolescente tentou reagir à ação policial que por isso foi necessário reagir com força contra a ameaça promovida pelo bandido.

“A resposta ao crime vai se dar nesse tom. Onde percebermos que a incidência de crimes que incomodam a sociedade se faz muito presente, as forças vão estar legitimadas a agirem dentro do que determina a lei”, disse o secretário acreano, ao lembrar que a identificação de Diabão foi resultado de uma investigação do setor de inteligência da pasta.

  • João Renato Jácome, do Notícias da Hora.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.