Rio Branco, Acre, 2 de março de 2021

Rios Tarauacá e Muro deixam “cenário pós-guerra” após as águas recuarem

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Após imagens de entulhos, casas destruídas e árvores caídas e arrastadas pelas enchentes do rio Tarauacá serem divulgadas pelo fotógrafo Jardy Lopes, na manhã desta segunda-feira (22), o município de Tarauacá, no interior do Acre, inicia a limpeza e remoção dos sedimentos arrastados pelas cheias. Nas imagens, é possível perceber os diversos entulhos e balseiros em frente as casas dos moradores, além dos danos das vias públicas.

A Prefeitura de Tarauacá criou uma força tarefa na qual trabalhadores da Secretaria Municipal de Obra realizam a limpeza e remoção de sedimentos arrastados pelas cheias dos rios Tarauacá e Muru.

Os trabalhos de remoção dos entulhos e reformas das vias públicas danificadas tiveram seu início ainda no domingo (21), após o rio Tarauacá registrar a marca de 9,20 metros.

O Corpo de Bombeiros do Estado do Acre, informou que o rio Tarauacá atualmente se encontra em 9,70 metros na medição que foi realizada na manhã desta segunda-feira (22), ou seja, apresentando um crescimento de 0,50 cm de domingo para esta segunda.

Ainda no sábado (20), o rio, chegou a marca de 11,05 metros, 0,88 cm, a menos que a maior cota já registrada, de 11,93 metros, em 2014. Observando que a cota de transbordamento é de 9,50 metros, o manancial estava 1,50 metros acima do nível máximo.

Foram cerca de 28 mil pessoas atingidas pelo volume de água dos rios Tarauacá e Muru, segundo informa a Prefeitura de Tarauacá, fazendo com que a prefeita Maria Lucinéia Nery de Lima Menezes (PDT), decretasse situação de emergência, resultante da calamidade pública.

Como logística a prefeitura está conduzindo às famílias que foram e estão sendo atingidas pelas cheias para escolas municipais e estaduais com auxílio coordenado dos servidores municipais, onde os desabrigados são atendidos com serviço médico e recebem alimentação, remédios e material de limpeza e higiene pessoal.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.