Rio Branco, Acre, 22 de abril de 2021

Após transferência para o DF, mulher de deputado do Acre internada com Covid-19 é extubada novamente

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

A esposa do deputado federal Alan Rick, Michele de Araújo Miranda, de 37 anos, internada na UTI com Covid-19 desde o dia 10 após ser submetida a parto de emergência, foi extubada nessa quinta-feira (18). Ela está em um hospital de Brasília desde a quarta-feira (16), quando foi transferida do Acre.

Em uma rede social, o deputado explicou que a mulher foi extubada e está em observação. Michele apresentou melhoras no quadro respiratório e está voltando a consciência aos poucos após a retirada da sedação. Além disso, ela alterna a respiração natural com a Ventilação Não Invasiva (VNI).

“Estou ao seu lado no hospital em tempo integral”, destacou Alan Rick.

Sobre o filho recém-nascido, o pequeno Pedro, que completou 10 dias de nascido e é acompanhado por uma equipe pediátrica, o parlamentar explicou que o bebê ganhou duas gramas de peso nas últimas 24 horas e retirou a sonda nasogástrica. Com isso, a criança passou a ser alimentada via oral.

A criança não pegou Covid-19 da mãe. “O que corrobora com alguns estudos atuais sobre a não comprovação científica da transmissão congênita dessa doença. Está em ar ambiente, sem intercorrência, aceitando todo volume da dieta por via oral, sendo possível a retirada da sonda nasogástrica”, diz o boletim assinado pela pediatra e neonatologista Maria do Socorro Avelino.

No último dia 15, Alan Rick iniciou uma campanha nas redes sociais por doações de leite materno para o filho. Após o anuncio, pelo menos 25 novos cadastros foram feitos junto ao Banco de Leite Humano (BLH) da Maternidade Bárbara Heliodora, banco de leite de referência do estado, em Rio Branco, até essa quinta (18).

Deputado Alan Rick segura o filho Pedro que nasceu prematuro — Foto: Arquivo pessoal

Deputado Alan Rick segura o filho Pedro que nasceu prematuro — Foto: Arquivo pessoal

Parto de emergência

Michele estava no oitavo mês de gestação quando teve que ser submetida a um parto de emergência. Diagnosticada com Covid-19, o estado de saúde dela se agravou devido a uma pneumonia e, por isso, os médicos preferiram retirar o bebê, que é o primeiro filho do casal. Ela chegou a ser retirada da intubação na manhã do dia 11, mas, na tarde do mesmo dia, foi intubada novamente após piora na oxigenação.

O procedimento também foi necessário porque Michele estava com 80% dos pulmões comprometidos devido à doença.

Alan Rick também testou positivo para a Covid-19, mas conseguiu se recuperar e está curado. Dois funcionários dele também pegaram a doença, sendo um deles o motorista, que recebeu alta médica nesta segunda. O segundo servidor do deputado segue internado em recuperação pela doença.

No dia 14, o deputado postou um vídeo após visitar o filho na UTI Neonatal. Ele agradeceu o carinho e mensagens de apoio que tem recebido e pediu orações para a mulher.

Com informações G1 Acre

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.