Rio Branco, Acre, 21 de abril de 2021

Após protestos na Ponte da União, Energisa promete religar energia no bairro Miritizal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

No final da tarde desta quarta-feira, 7, moradores do bairro Miritizal, em Cruzeiro do Sul, fecharam durante cerca de 1 hora a Ponte da União em protesto pela falta de energia na localidade. Grandes filas de veículos se formaram dos dois lados da travessia.

A Energisa cortou o fornecimento por causa da alegação do Rio Juruá, que no repiquete chegou a alcançar 13,80 metros, durante a Semana Santa, alcançando cerca de 6 mil casas do Miritizal e outros bairros.

A Polícia Militar esteve no local e os moradores decidiram pela liberação da Ponte da União e a ida até a sede da Energisa nesta quinta-feira, 8, em busca de solução para o problema.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, Tenente Lima, disse ao ac24horas que a Energisa religaria a energia quando o Rio Juruá chegasse a 13,60 metros. Mas nesta quarta, o manancial está com 13,51metros e os moradores seguem sem luz em casa.

A Assessoria de Comunicação da Energisa garantiu que daria resposta sobre data do religamento da energia no Miritizal, mas até o fechamento dessa matéria não informou quando os moradores poderão contar com luz elétrica em casa.

Esta é a 3° vez que moradores do Miritizal fecharam a ponte pelo mesmo motivo.

Com informações de Sandra Assunção, do AC24horas.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.