Rio Branco, Acre, 22 de abril de 2021

Com o fechamento do comércio, ambulantes relatam baixas nas vendas em Cruzeiro do Sul

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Apesar da flexibilização do comércio durante esse período de pandemia, grande parte da população acreana ainda segue com vida financeira afetada, e principalmente com dificuldade em conseguir manter o sustento. Pois se de um lado os órgãos de saúde recomendam o isolamento social, para que haja a diminuição da disseminação do vírus da Covid-19, até a população ser toda imunizada, do outro as pessoas que trabalham através de diárias, ou que são tem um emprego fixo, sofrem com a falta de dinheiro, pois se não trabalham, não ganham, como é o caso de Rainara Fonseca que trabalha com vendas de salgados no Igarapé Preto.

“Está sendo bastante ruim, a gente vende mais para as pessoas que passam quando vão pra casa de parentes nas outras cidades, do que o pessoal daqui do Igarapé. Tem dias que dá para gente tirar só o da gente e tem outros que não dá nem para o nosso patrão. Antes do Lockdown, no sábado e domingo a gente vendia muito, ultimamente o nosso sustento tem sido só daqui”, disse Rainara.

Mesmo com a liberação do auxílio emergencial de R$ 375 por família, há ainda dificuldades, pois o valor é considerado inferior, levando-se em conta as infrações impostas nos últimos meses. Por isso muitas pessoas como diaristas e autônomos, se arriscam e vão trabalhar para manter as contas em dias, com o pouco dinheiro que ganham.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.