Rio Branco, Acre, 16 de junho de 2021

Alunos do curso de medicina da Ufac cobram retorno das aulas práticas e estágios

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Nesta segunda-feira (31), os alunos da turma XXIII, do curso de medicina, da Universidade Federal do Acre (Ufac), fizeram a publicação de uma nota por meio das redes sociais, cobrando à instituição, a volta das aulas práticas. Segundo os representantes da turma, as aulas teóricas e práticas estão interrompidas desde a data de 17 de março de 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus, sendo então tomada a decisão de retirar os estudantes dos campos de prática, orientando-os a aguardarem por uma situação mais favorável ao retorno.

Contudo, os discentes declaram que mesmo diante da permissão ao ensino híbrido, dada pelo Conselho Universitário, muitos professores ainda se recusam a ministrar suas disciplinas, que têm carga horária de aulas práticas/estágios, devido ao elevado número de casos da covid-19 que reincidem no início deste semestre.

“Mesmo com mudanças de bandeira e chegando ao fim do semestre, ainda não há sequer cronogramas ou planejamentos para tal”, destacam. “Os pareceres do Comitê Covid, também sob determinação do CONSU, deveriam ser de liberação mensal, visto a grande possibilidade de alteração da bandeira do estado (como ocorreu ultimamente). Entretanto, nenhum parecer foi dado aos acadêmicos nos últimos 2 meses (tempo transcorrido desde o último parecer dado). Muitas solicitações foram enviadas e muitas cobranças feitas, mas seguimos sem respostas”, acrescentam.

Os acadêmicos dizem que pouquíssimos professores estão dispostos a fazerem uma tentativa de retomada, com respeito à segurança e da melhor maneira possível, visando também não promover nenhum tipo de atraso à sua formação, porém, estão em uma situação delicada, já que nenhum órgão quer fazer a liberação de nenhuma ação prática sem o parecer do Comitê.

“Para tornar tudo ainda mais grave, algumas turmas da universidade já encontram-se vacinadas com 1º e 2º dose… E seguem igualmente sem perspectiva de retorno. Dessa forma, estamos nos mobilizando pelas redes sociais como meio de voltar a atenção ao caos vivido pela universidade nesse momento, caos este, que impacta todos os cursos de graduação, e não só a medicina”, disseram.

Procurada, a Universidade Federal do Acre, afirmou que o Comitê de Prevenção e Contenção da Covid-19 realizou uma reunião na tarde desta segunda-feira (31), para tratarem de como acontecerá o retorno gradual de algumas atividades presenciais da instituição.

“A equipe administrativa da universidade trabalha nas adaptações dos campi com base em medidas sanitárias e de prevenção para garantir o resguardo da comunidade universitária. A administração superior da Ufac entende a ansiedade dos estudantes para retorno das aulas presenciais e presta a eles sua solidariedade. Contudo, adota medidas com o intuito de salvar vidas, em consonância com as demais instituições de ensino superior públicas do Brasil. Por isso, envida esforços em busca de um retorno seguro e o mais breve possível para reduzir prejuízos ocasionados aos discentes”, declarou.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.