Rio Branco, Acre, 20 de junho de 2021

População de Cruzeiro do Sul reclama pela demora e valor cobrado para emissão da Carteira de Identidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Por Redação Juruá Em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O preço para emissão da segunda via da carteira de identidade em Cruzeiro do Sul que era de R$ 57,52 há três meses atrás, agora subiu para R$ 82,00. Além da alta do preço, ainda há a demora de até 45 dias para que a identidade chegue até o cidadão. A primeira via do documento é de graça, segundo o diretor da Oca de Cruzeiro do Sul.

A equipe do Jornal Juruá em Tempo tem recebido algumas denúncias por parte dos moradores da cidade. Segundo eles, o preço da emissão da segunda via do documento teria subido drasticamente. Nossa equipe foi até a Organização em Centros de Atendimento – Oca nesta sexta-feira (21) para averiguar essa situação.

Segundo Natalino, diretor da Oca de Cruzeiro do Sul, ele não sabe informar o que causou este reajuste no preço da tarifa para emissão do documento.
Também entramos em contato com a coordenadora de identificação que responde pelo município de Cruzeiro do Sul: Natiele Costa, mas ela também não soube informar sobre as causas da elevação da tarifa, nem da demora para emissão do documento.

Os usuários do serviço também reclamam sobre a má qualidade do material onde o documento é impresso e a exigência de nova via do documento de certidão (nascimento e/ou casamento); o que torna o processo ainda mais caro.

De acordo com a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Acre, o aumento no valor da taxa para emissão do RG se dá em decorrência de uma lei suplementar número 376 de 31 de dezembro 2020 entrando em vigor na data de 1 de abril de 2021.

Ainda de acordo com a assessoria do órgão, recentemente a Direcao Geral de Polícia Civil realizou mudança administrativa no Instituto de identificação em Cruzeiro do Sul no sentido de dar mais celeridade na emissão do documento para resguardar a supremacia do interesse público.

O Instituto de Identificação da Polícia Civil emite desde 2019 o novo formato para emissão da Carteira de Identidade, seguindo o decreto nº 9.278, de 5 de fevereiro de 2018, no qual é facultativo incluir os documentos abaixo relacionados. Sendo obrigatório, contudo, a certidão de nascimento, para os indivíduos solteiros; e de casamento, para os indivíduos casados:

• Título de eleitor;
• Carteira de trabalho e previdência social;
• Certificado militar;
• Carteira nacional de habilitação,
• Documento de identidade profissional;
• Carteira nacional de saúde;
• Números de NIS/PIS/Pasep;
• Também poderá ser incluído o nome social, sem a necessidade de alteração no registro

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.