Rio Branco, Acre, 19 de junho de 2021

Empresa não paga parcela e governo do Acre cancela venda da Zona de Processamento de Exportação

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O secretário de Indústria e Tecnologia do governo do Acre, Anderson Lima, anunciou na manhã desta terça-feira, 8, que o governo do Acre vai cancelar a venda da Zona de Processamento de Exportação (ZPE), devido o grupo chinês Haiying do Brasil não depositar a primeira parcela de R$ 1,2 milhão, de um acordo fechado em maio no valor global de R$ 25 milhões. A parcela deveria ter sido paga no dia 24 de maio, mas os interessados pediram um prazo a mais para efetivar a negociação, o que não foi concluída até então.

“Como o contrato não foi assinado, porque havia uma cláusula que só seria assinado mediante o pagamento da primeira parcela, não haverá prejuízos nem para o Estado e nem para os chineses. Vamos abrir um novo edital para colocar em leilão”, disse Lima, reforçando que o cancelamento do negócio foi uma determinação do governador Gladson Cameli.

O secretário reforça que nenhuma das ações da ZPE chegou a ser repassada para o grupo chinês. “Nos reunimos com eles ontem e infelizmente não podemos esperar. O nosso governo tem pressa e isso é assunto delicado que não pode ficar esticando”, frisou Anderson.

Criação da ZPE

Criado em 2010, pelo ex-governador Binho Marques (PT), a Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Acre Sociedade Anônima (AZPE-AC S/A), era uma empresa de economia mista vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia que irá gerir e manter a ZPE do Acre. Em janeiro deste ano, o governador Gladson Cameli esteve reunido em audiência no Ministério da Economia, onde obteve sinal verde para prosseguir com medidas para a venda da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Acre. A audiência foi realizada com o secretário de Advocacia da Concorrência e Competitividade do ministério, Geanluca Lorenzon.

  • Fonte: AC24horas.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.