Rio Branco, Acre, 31 de julho de 2021

Petecão se solidariza com fazendeiro milionário que reclamou de operação do Exército em fazenda no Acre

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Redação Juruá em Tempo.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O senador Sérgio Petecão saiu em defesa do pecuarista Jorge Moura, que ficou revoltado com a presença de homens do Exército Brasileiro armados na Fazenda Campo Esperança, na BR-317, em Capixaba. Moura gravou um vídeo para mostrar a “truculência” dos fiscais com o pecuarista e a esposa, que inclusive aprece nas imagens repreendendo os profissionais que estão em serviço.

A atividade questionada por Moura faz parte do trabalho de fiscalização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em conjunto com o IDAF do Acre, e ocorreu nesta terça-feira, dia 15. A ação acontece em vários estados do país, por ordem e coordenação do Palácio do Planalto.

“Jorge Moura, resolvi gravar esse vídeo em solidariedade a você, independente de quem você é. Sei que você é um grande produtor, um trabalhador. Fiquei chocado com a cena que vi hoje. E se cabe, quero pedir desculpas em meu nome. Você não merece isso!”, avaliou o senador acreano.

Os fiscais foram ao local para averiguar o armazenamento de defensivos e a possível destinação inadequada de embalagens vazias de agrotóxicos na propriedade. “Infelizmente o nosso estado é uma inversão de valores muito grande. É por isso que o estado só vive nessa merda aí, porque os poucos que trabalham são perseguidos. Se eu pudesse ir embora, eu ia embora. É uma tristeza para nós que somos produtores passar por um constrangimento desse”, afirmou Jorge Moura.

O secretário estadual de Agricultura, Nenê Junqueira, repudiou o exagero e disse que “o produtor não pode ser tratado como bandido”. “Afinal, qual ameaça representa um produtor rural? Para o exército estar junto, um verdadeiro absurdo, e falta de respeito com que produz, gera emprego e renda. Estou atento à expressões e atitudes desta natureza e não compactuo em nenhuma hipótese com tais práticas.”

O secretário encaminhou o vídeo ao governador Gladson Cameli e ao senador Márcio Bittar e pediu que as imagens cheguem à ministra da Agricultura, Tereza Cristina. O Notícias da Hora tentou falar com o Ministério da Agricultura no Acre, mas ninguém do órgão foi encontrado.

  • Da redação do Notícias da Hora.
ALEAC

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Getúlio Vargas n. 22 – Salas 7 e 8 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!