31.8 C
Juruá
sábado, junho 25, 2022

Acre já registrou 122 denúncias de violação aos direitos de idosos em 2022

Por redação.

Em 2022, o Acre já registrou 122 denúncias de violação dos direitos humanos aos idosos, o que representa 26,87% do total de queixas registrada pelo Disque 100 que recebe as ocorrências no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Os números sugerem uma denúncia a cada dois dias no Acre 2022 apenas em violação aos direitos da Terceira Idade.

Segundo as informações, de janeiro a 2 de junho de 2022, já foram registradas mais de 35 mil denúncias de violações de direitos humanos contra pessoas idosas em todo o País.

Entre os agressores, os filhos são os principais responsáveis pela violação, figurando como suspeitos em mais de 16 mil registros, seguidos por vizinhos (2,4 mil) e netos (1,8 mil).

Vítimas com faixa etária entre 70 e 74 anos aparecem em 5,9 mil registros. Em seguida, estão os idosos entre 60 e 64 anos (5,8 mil); os idosos entre 65 e 69 anos (5,4 mil); os idosos entre 80 e 84 anos (5,2 mil); os idosos entre 75 e 79 anos (4,7 mil); os idosos entre 85 e 89 anos (3,5 mil); e idosos com mais de 90 anos (2,5 mil).

As denúncias de violações de direitos humanos podem ser feitas de maneira anônima pelo Disque Direitos Humanos (Disque 100). A central recebe ligações diariamente, 24h, inclusive nos finais de semana e feriados. As denúncias podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita para o número 100, pelo WhatsApp (61-99656-5008), ou pelo aplicativo Direitos Humanos Brasil, no qual o cidadão com deficiência encontra recursos de acessibilidade para denunciar.

O Junho Violeta é uma campanha realizada anualmente em todo o mundo. O mês foi escolhido em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, conforme declarado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e a Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa em 2006.

Para marcar a data, este ano o MMFDH realizou o Seminário Nacional sobre Violência Contra a Pessoa Idosa e a abertura da exposição fotográfica “Sorrisos Não Envelhecem”. A mostra é composta por 20 imagens fotográficas nas dimensões de 1,30m x 0,90m, produzidas pela fotógrafa Tânia Neco, e estará aberta ao público do dia 15 ao dia 24 de junho, no térreo do Edifício Parque Cidade Corporate, em Brasília (DF).

  • Por Edmilson Ferreira, do AC24horas.
error: Alert: O conteúdo está protegido !!