22.6 C
Juruá
terça-feira, junho 28, 2022

Lula tem preferência entre quem cursou ensino superior, diz Datafolha

Por

A liderança do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas pesquisas tem sido turbinada pela mudança de posicionamento de um eleitorado que estava mais distante há quatro anos: os brasileiros com ensino superior completo e incompleto, ou seja, que chegaram à universidade, mas não necessariamente a concluíram. O petista conta hoje com a preferência de 53% desse segmento, de acordo com o Datafolha, patamar bem superior aos 37% que ele tinha em 2018. Os números levam em consideração um eventual segundo turno contra o presidente Jair Bolsonaro (PL), que marca 36% hoje neste recorte, contra 42% há quatro anos.

O GLOBO comparou os resultados de dois levantamentos feitos pelo instituto. O primeiro é de agosto de 2018, o último com a participação do petista antes de sua candidatura ser impugnada. O mais recente é de maio deste ano, divulgado na semana passada. Na pesquisa realizada quatro anos atrás, Lula estava preso em Curitiba.

Intenção de votos no petista dentro de cada faixa de escolaridade

O ex-presidente também passou de 25%, registrado há quatro anos, para 40% no eleitorado com ensino superior no cenário de primeiro turno. Esses dados também indicam a expansão, mas não são diretamente comparáveis porque os candidatos listados em cada ocasião não são os mesmos.

No levantamento da semana passada, o petista lidera as intenções de voto no cenário de segundo turno contra Bolsonaro com 58% contra 33% do atual presidente. Há quatro anos, em agosto de 2018, 52% dos eleitores preferiam Lula, com 32% de Bolsonaro.

Além do avanço de 16 pontos no ensino superior, o ex-presidente também registrou 18 pontos a mais entre eleitores da região Sul. Esses foram os dois estratos em que Lula mais cresceu nos últimos quatro anos, tratando-se desta hipótese de segundo turno — em nenhum outro, a diferença foi maior do que dez pontos.

error: Alert: O conteúdo está protegido !!