Rio Branco, Acre, 25 de setembro de 2020

Após tentar rescisão, Messi anuncia que fica no Barcelona

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

A novela da possível saída de Messi do Barcelona acabou antes e com final diferente do esperado. O craque argentino confirmou nesta sexta-feira que permanecerá no clube catalão, após tentar uma rescisão unilateral ativando uma cláusula de seu contrato, que se encerra em junho de 2021. A decisão foi tomada justamente para evitar uma batalha nos tribunais, em meio a uma divergência jurídica com a diretoria do clube, que exigia pagamento de multa rescisória.

O anúncio veio através de uma entrevista para o site “Goal”. O craque afirmou que demorou para vir a público pela tristeza pela derrota para o Bayern de Munique, mas que sua decisão não foi tomada depois da derrota por 8 a 2. Messi afirmou que dizia durante toda a temporada para o presidente Josep Maria Bartomeu que gostaria de ir embora.

– Não foi por causa do resultado da Champions contra o Bayern, eu pensava na decisão há muito tempo. Disse ao presidente e, bom, ele sempre disse que ao fim da temporada eu poderia decidir se queria ir ou se ficaria. E ao fim, não cumpriu sua palavra.

O astro afirmou que não vinha se sentindo sozinho, mas que estava triste pelo que vinha ouvindo dos fãs e dos jornalistas, que questionavam seu amor pelo clube. E que foi difícil tomar sua decisão, mas que sentiu que o Barça precisava de mudanças e novos objetivos. E deixou clara a sua irritação com a falta de um projeto esportivo.

– Claro que me custou muito decidir. Sempre disse que queria me aposentar aqui e sempre disse que queria ficar. Queria um projeto ganhador, ganhar títulos com o clube para seguir aumentando a lenda do Barcelona a nível de títulos. A verdade é que há tempos que não há projeto nem nada. Vão fazendo malabarismos e tapando goteiras a medida que vão acontecendo as coisas.

Messi também destacou que, apesar de ficar contra a sua vontade, dará o seu melhor. E mostrou-se satisfeito pela chegada de um novo técnico: Ronald Koeman.

– Vou continuar no Barça e a minha atitude não vai mudar, por mais que eu tenha desejado sair. Eu farei o meu melhor. Sempre quero ganhar, sou competitivo e não gosto de perder nada. Sempre quero o melhor para o clube, para o vestiário e para mim. Eu disse na época que não dava para ganharmos a Champions League. Na verdade, agora não sei o que vai acontecer. Existe um novo treinador e uma nova ideia. Isso é bom, mas depois temos que ver como a equipe responde e se dará ou não para competir. O que posso dizer é que vou ficar e dar o meu melhor – comentou.

A novela

A reviravolta ocorreu nesta semana, depois de Messi não se reapresentar para a pré-temporada da equipe e faltar a todos os treinamentos desde a última segunda. Embora não tenha se manifestado oficialmente sobre o desejo de deixar o Camp Nou, o jogador não cumpriu a agenda – uma vez que desejava a rescisão unilateral.

Na terça-feira, o jogador explicitou aquilo que já era comentado pelos jornalistas: ele enviou um burofax (uma carta com confirmação de recebimento) indicando que deseja deixar o clube acionando uma cláusula de rescisão automática. Esta parte do contrato indicaria que Messi poderia sair sem custos desde que comunicasse a decisão até 10 dias depois do fim da temporada.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.