Rio Branco, Acre, 24 de outubro de 2020

Biólogos preparam livro com fotos de 169 espécies de aves do Juruá após dois anos de pesquisa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Em revisão de fotografias e fazendo os últimos ajustes das espécies, os biólogos Marllus Rafael de Almeida e Igor Oliveira preparam o lançamento de um livro listando pelo menos 169 espécies de aves que podem ser vistas na área do Campus Floresta da Universidade Federal do Acre (Ufac), em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre.

O projeto já tem dois anos de pesquisas e é feito por meio da observação de aves que são típicas da região e também aquelas migratórias, que apenas passam pelo local. O objetivo é auxiliar, principalmente estudantes em pesquisas, mas também aumentar o conhecimento sobre o fauna existente no Acre.

O lançamento do livro deve ocorrer em 2021, segundo o biólogo e estudante de mestrado de ciências ambientais da Ufac, Marllus Rafael de Almeida.

“Faço uma observação de aves por lazer. Ia fazer uma lista das aves do campus e transformar em PDF com algumas fotos, principalmente para os alunos daqui, porque via que eles têm dificuldades nas disciplinas de zoologia, na parte de identificação de aves, até mesmo aves mais simples”, contou sobre o início do projeto.

Ao conversar com Oliveira e apresentar a ideia, devido ao acervo de fotos que já tinha, surgiu a ideia de fazer o livro e os dois começaram a parceria.

“Topei, a gente começou em junho de 2018. Foram dois anos de inventário, que acabou em junho de 2020, com a coleta de todas as informações para pegar as aves migratórias que passam por aqui, as diurnas e noturnas. Depois disso, a gente começou a trabalhar nas imagens, pranchas e outras informações que vamos apresentar no livro”, contou.

No livro devem constar, além das fotos dos pássaros, dados como o nome científico, popular, local de ocorrência no campus, tamanho, se tem alguma particularidade, como no caso de algumas espécies migratórias, e outras endêmicas que só ocorrem na região Amazônica, por exemplo.

Barbudo de coleira e beija-flor de peito azul são duas espécies endêmicas da região Amazônica — Foto: Marllus Rafael/arquivo pessoal

Algumas espécies fotografadas

Entre as aves que foram fotografadas e que vão constar no livro estão algumas da região oeste do Acre como: Assanhadinho; Uirapuru seladoe choquinha de garganta carijó.

Outras aves são endêmicas, que só ocorrem em determinada região: Beija-flor de peito azul (Amazilia lactea bartletti); Barbudo de coleira. Estes ocorrem no Acre, Peru, Amazonas e Rondônia.

Outras aves como: Coruja orelhuda; gavião carijó; Sete cores da Amazônia; Saí andorinha também vão estar presentes no livro.

“É uma tentativa de aumentar o conhecimento da rica fauna que temos no Acre, em especial Cruzeiro do Sul, um dos locais de maior biodiversidade do Brasil. Também queremos estimular as pessoas, estudantes e público em geral na prática do birdwatching, uma prática de ecoturismo em potencial e bem sucedida, que poderia ser incrementada aqui na região. Além de rápido, o crescimento e retorno financeiro para cidade estimula a conscientização ambiental e proteção de áreas naturais”, conclui Almeida sobre o projeto.

Coruja orelhuda, gavião carijó e saí andorinha também fazem parte de coletânea — Foto: Marllus Rafael/arquivo pessoal

  • Fonte: G1 Acre.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.