28.2 C
Juruá
sexta-feira, agosto 12, 2022

No Acre, 756 famílias com títulos de propriedades

Por redação.

“Acabou o contrato de gaveta e todo tipo de acordo de boca que tantos transtornos nos causavam pela falta do documento de nossas casas. Eternamente gratos, governador Gladson Gladson Cameli”, resumiu o trabalhador rural Raimundo Rodrigues Ferreira, 74 anos, um dos mais antigos moradores do Bairro José Hassem/Epitaciolândia. Ele foi um dos cinco escolhidos para receber o título definitivo de sua propriedade, durante solenidade realizada na manhã de hoje na quadra de esportes da comunidade no município.

756 moradores foram beneficiados com a entrega dos documentos de forma gratuita e devidamente registrados. Foto: Neto Lucena/Secom

Raimundo Rodrigues e quatro moradores idosos foram convidados a receber os títulos, representando um total de 756 moradores beneficiados com a entrega dos documentos de forma gratuita e devidamente registrados, totalizando um investimento de mais de R$13 milhões por parte do governo do Estado, por intermédio do Instituto de Terras do Acre (Iteracre).

Como reconhecimento sobre a importância do documento, que tem segurança jurídica e representa cidadania aos beneficiados, eles prestigiaram o evento, vieram em famílias inteiras, lotaram o espaço destinado à solenidade, que contou com a presença do prefeito Sérgio Lopes;,  da representante da Câmara Municipal, vereadora Lucimar Souza, a “Pretinha”; do presidente da Associação de Moradores, José Barbosa, o “Lenon”; e do presidente do Imac, André Hassem.

Também estiveram presentes o presidente licenciado da Federação da Indústria do Acre (Fieac), José Adriano; o presidente do Iteracre, Alírio Wanderley Neto; a cartorária de Epitaciolândia, Valéria Aquino; e, representando o governo do Estado, o secretário-chefe da Casa Civil, Jhonatan Donadones, que parabenizou o empenho do Iteracre e da representante do Cartório em regularizar os títulos, que tantos benefícios trarão aos moradores.

“A entrega dos documentos cumpre um compromisso de gestão do governo, que não para por ai e já solicitou que o trabalho continue para beneficiar outras áreas”, garantiu Donadones.

O presidente licenciado da Fieac, José Adriano, reconheceu o empenho do governo, por meio do Iteracre, lembrando que a cidadania beneficia a todos.

“Área titulada naturalmente fomenta o desenvolvimento regional”, observou José Adriano.

Presidente da Associação de Moradores, José Barbosa, o “Lenon”. Foto: Neto Lucena/Secom

O presidente da Associação de Moradores lembrou as inúmeras tentativas de regularizar os títulos, que sempre esbarravam em burocracias e falta de condições financeiras.

“Agora já podemos sonhar com ações visando trazer políticas públicas para o nosso bairro, em benefício das comunidades”, comemorou Lenon.

Segundo o presidente do Iteracre, o comparecimento da população para prestigiar o evento faz jus a um trabalho de intensas articulações, idas e vindas para ultrapassar as barreiras das burocracias.

“Estamos felizes com a conclusão dessa etapa e a determinação do governo em beneficiar mais famílias”, garantiu Wanderley Neto.

A entrega dos documentos cumpre um compromisso de gestão do governo. Foto: Neto Lucena/Secom

A aposentada Rita Siqueira Martins, 83 anos, entre as cinco pessoas escolhidas para representar os moradores com o recebimento do título, disse jamais imaginar ter uma alegria dessas nesse momento de sua vida.

A aposentada Rita Siqueira Martins. Foto: Neto Lucena/Secom

“Meus filhos e netos terão segurança, pois a casa que vou deixar pra eles tem documento”, comemorou.

“Moro no bairro há, pelo menos, 30 anos e sei das dificuldades a cada vez que um de nós, moradores, precisava fazer alguma negociação com as nossas casas”, lembrou a aposentada Raimunda Rodrigues Ferreira, 83 anos.

A aposentada Raimunda Rodrigues Ferreira. Foto: Neto Lucena/Secom

O aposentado Pedro Rufino Melo, 75 anos, lembra que, em 30 anos como morador do José Hassem, muitos políticos prometeram  e nunca cumpriam:

O aposentado Pedro Rufino Melo. Foto: Neto Lucena/Secom

“Quero parabenizar o governador por ser um homem de palavra e dizer que não acreditávamos mais que fosse possível receber nossos títulos. Que Deus o abençoe.”

error: Alert: O conteúdo está protegido !!