Advogado mata ex-amante a tiros em festa no Rio

O advogado Sérgio Henrique Vilela Fialho, acusado de matar a tiros a ex-amante em uma festa na zona oeste do Rio, teve prisão decretada pela Justiça neste domingo (1) e está foragido do polícia. O crime aconteceu na madrugada do sábado (30), quando o advogado encontrou Ginderly André dos Santos, de 37 anos, em um bar na Avenida Gilka Machado, no bairro do Recreio.

Segundo informações da R7 TV, Sérgio Henrique chegou ao local acompanhado pela esposa. Ao encontrar a ex-amante, teria iniciado uma discussão, que terminou com uma ameaça de voltar ao bar para matá-la. Momentos depois, ele voltou sozinho, armado, e disparou contra Ginderly dos Santos, que foi atingida na calçada enquanto tentava pedir abrigo em um dos prédios vizinhos.

O suspeito e a vítima teriam trabalhado juntos, no escritório do advogado. De acordo com a reportagem, Sérgio Henrique era casado quando começou a se envolver com a colega de trabalho. Há cerca de dois meses o advogado e a ex-amante teriam rompido, época em que ele retomou o casamento com a esposa. Ginderly André dos Santos era mãe de um filho de 15 anos, de um relacionamento anterior.

O pai do suspeito, um comerciante que trabalha na região, teria informado aos investigadores que o filho era usuário de drogas há mais de uma década. A polícia já pediu a prisão do advogado, que fugiu junto com a mulher. Na casa do suspeito foi apreendida uma arma. Sérgio Henrique somava oito passagens pela polícia, entre as quais por lesão corporal, ameaça e disparo por arma de fogo. Com informações de Notícias ao Minuto.

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *