Rio Branco, Acre, 1 de outubro de 2020

Estresse pode fazer com que câncer se espalhe mais rápido, diz estudo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest

Um novo estudo australiano demonstrou que o estresse pode transformar o sistema linfático numa ‘super rodovia’ para as células do câncer de mama, permitindo que o câncer se espalhe mais rapidamente.

A investigação da Monash University, liderada pela biologista Dra. Erica Sloan, estudou como o estresse influencia o aparecimento de metástases em ratos com câncer de mama. “O estresse envia um sinal para o tumor que permite às células escaparem e espalhaem pelo corpo”, explica a Dra. Sloan.

Foram verificadas seis vezes mais metástases em ratos estressados do que em ratos controlados, como destaca a Dra. Caroline Le, investigadora da equipa da Dra. Sloan. Mas, como reporta o site australiano ABC.net, a investigação descobriu uma forma de travar esta influência do estresse no câncer – pelo menos em ratos.

Tomar medicação com beta bloqueadores – tipicamente tomados por pessoas que sofrem de hipertensão e arritmia cardíaca – poderá evitar que o estresse facilite a propagação dos tumores.

 

Por Lifestyle.

Leia também

Receba nossas novidades

Av. Rodrigues Alves 60 – Centro – Cruzeiro do Sul AC.